A Pós-Graduação em Produção de Produção de Efeitos Visuais (VFX) oferece formação avançada não apenas em software específico do setor, mas também ensinará a desenvolver o olhar artístico e a atenção aos detalhes necessários para trabalhar em projetos e empresas relevantes na área (nacionais e internacionais).

Direção

Diretor - Nuno Crespo

Vice-diretor - André Baltazar

Vogal - Luís Teixeira

Assessoria - Mónica Monteiro

3D Computer Modeling and Animation Lab

The CCD has a 3D Computer Modeling and Animation Lab, equipped with 10 high-performance workstations, inlcuding Wacom Cintiq drawing tablets, and installed with industry standard and state-of-the-art software (e.g. AUTODESK Maya, Smoke, V-Ray, Nuke; Unity 4, Blender).

a. Características

Licenciatura centrada em desenvolvimento de projetos, em grupo, permitindo a aquisição das diferentes competências artísticas e técnicas do cinema: documentário, ficção, experimental, filme-ensaio, entre outros.
 

  • Acompanhamento técnico e artístico com realizadores e profissionais das diferentes áreas do cinema: Sandro Aguilar, Rui Xavier, Salomé Lamas, Diogo Costa Amarante, João Canijo, Luís Urbano, Paulo Américo, Cláudia Varejão, Mariana Gaivão e Mariana Ricardo.
     
  • Excelentes instalações e equipamentos profissionais de cinema, incluindo captação e pós-produção de imagem e som.
     
  • Orçamento de produção para o projeto final.

a. Características

a. Características

  • Enquadramento e abordagem concentrados nas temáticas fundamentais da curadoria, relativas aos mundos da produção, circulação e receção das artes contemporâneas, e enfoque nos universos dos valores da criação, nas instituições culturais e de mercado, nos agentes intermediários e também nos seus públicos.
     
  • Novidade de posicionamento no contexto nacional e aplicação de modelos de pedagogia artística internacionais.
     
  • Orientação teórica-prática e organização que refletem a centralidade dos estudos de curadoria no contexto da história da arte e dos estudos culturais, bem como a especificidade dos seus domínios de estudo e das suas práticas profissionais.
     
  • Programa que oferece 4 UCs – Pesquisa Curatorial I e II e Projeto I e II – organizadas em diferentes módulos dedicados aos aspetos específicos da curadoria de arte contemporânea.
     
  • Metodologia de projeto baseada na relação direta com autores, beneficiando do modelo de ensino project-based teaching.
     
  • Foco na pesquisa e implementação de um projeto curatorial.
     
  • Utilização dos recursos técnicos e artísticos da Escola das Artes (material de captação de imagem e som; laboratórios de pós-produção de imagem e som; sala de exposições; biblioteca).
     
  • Instalações únicas para desenvolvimento de projetos complexos: Auditório Ilídio Pinho, Sala de Exposições e Pátio das Artes.
     
  • Forte envolvência da comunidade e das práticas culturais da região.
     
  • Diferentes convidados pertencentes ao meio artístico nacional e internacional que permitirão que os alunos desenvolvam os seus projetos no contexto amplo e atual das práticas e estudos curatoriais.
     
  • Ensino com forte presença e colaboração, através de iniciativas constantes (Residências Artísticas, Seminários, Summer School, Programa expositivo) de artistas, realizadores e especialistas internacionais nas áreas da arte contemporânea e do cinema.
     
  • Corpo docente próprio com grande capacidade organizativa, de investigação e criativa, incluindo artistas e investigadores de prestígio.
     
  • Parceria com a Fundação de Serralves.

a. Características

  • Participação em workshops, master classes e outras ações de formação avançada promovidas pela Escola, em condições vantajosas 
  • Proximidade e acesso privilegiado ao Centro de Conservação e Restauro, no qual estudantes podem estagiar e com o qual muitos alumni colaboram regularmente.
  • Trabalho de proximidade com património artístico e cultural antigo e contemporâneo.
  • Desenvolvimento de competências técnico-motoras: destreza manual, acuidade visual e coordenação motora
  • Desenvolvimento de competências transversais: resolução de problemas, trabalho em equipa, investigação e organização

a. Características

Curso de banda larga que possibilita o recrutamento de candidatos possuidores de distintos perfis de formação da área das Ciências do Património, promovendo  o cruzamento de olhares e experiências interdisciplinares e transversais.

Corpo docente que agrega especialistas da Escola das Artes e investigadores convidados de reconhecida experiência académica e profissional nas diversas áreas de especialidade do curso.


O plano doutoral trabalha num contexto por natureza multidisciplinar o que permite ter uma oferta de conteúdos programáticos que abrange várias áreas artísticas e de investigação.

Associação à atividade da área foco de Património, Conservação e Restauro do CITAR, classificado como excelente por parte da FCT. Tal classificação, além de representar uma elevada qualidade da investigação, representa também um maior acesso ao financiamento de projetos e teses.

O plano doutoral funciona em pleno na língua Inglesa, o que permite abranger um universo, tanto de doutorandos como de convidados, não limitado pela língua.

A EA e o CITAR mantêm uma parceria muitíssimo forte e dinâmica com as instituições culturais da região norte de Portugal de dimensão artística mundial como a Fundação de Serralves, Casa da Música e Gnration/Braga Media Arts. Estas parcerias permitem aos doutorandos terem um contacto privilegiado da produção contemporânea enquanto observadores e investigadores, tal como lhes permite ter um acesso privilegiado às instituições e programadores enquanto artistas e criadores.

Há uma grande diversidade na proveniência geográfica e cultural, assim como na preparação científica e atividade de desenvolvimento prévia da grande maioria dos doutorandos. Essa diversidade cria uma sinergia e contexto únicos favorecendo o processo de desenvolvimento dos projetos de investigação e artísticos.

A EA com a sua oferta de licenciaturas e mestrados na área, integra os estudantes num ambiente dinâmico e vivo, com oportunidades de desenvolvimento de perfis de competências académicos mais completos.

Apoio à desenvolvimento de investigação aplicada no âmbito teórico prático através do CCD que integra o roteiro FCT nacional de infraestruturas de investigação de interesse estratégico. Além das disciplinas exclusivas, os alunos de doutoramento podem frequentar todas as unidades curriculares oferecidas nas diferentes áreas de especialização do Mestrado em Conservação e Restauro de Bens Culturais, o que permitirá aos doutorandos a obtenção de conhecimentos técnicos e práticos determinantes para o desenvolvimento das suas teses.
 

a. Características

O DCTA apresenta um modelo pedagógico inovador e diferenciado, inspirando-se em referências project based e artistic based learning, onde se combina a formação avançada altamente especializada, a investigação e as práticas de projeto adequadas ao contexto artístico.

O corpo docente é regularmente premiado e distinguido nos mais variados festivais e meios culturais, combinando a experiência em investigação e profissional, com uma extensa prática artística. Para mais, estão em curso medidas para a consolidação da carreira de docente.

A relação entre professores internos e convidados externos (realizadores, artistas, técnicos, profissionais) é já prática da EA com resultados visíveis no apoio ao desenvolvimento de projectos artísticos e de investigação. Esta sinergia é reforçada de uma forma sustentada pela organização regular de várias iniciativas internacionais, como a Summer School, Programa de Aulas Abertas, Residências Artísticas e programa de Artista Visitantes ou Spring Seminar. 

Os candidatos beneficiam de um parque tecnológico e equipamentos atualizados e de um plano dinâmico e abrangente de atividades científicas, artísticas e culturais, promovidas quer pelo CITAR, quer pela própria EA.

O plano doutoral trabalha num contexto por natureza multidisciplinar o que permite ter uma oferta de conteúdos programáticos que abrange várias áreas artísticas e de investigação.

O CITAR tem a classificação de excelente por parte da FCT. Tal classificação, além de representar uma elevada qualidade da investigação, representa também um maior acesso ao financiamento de projetos e teses.

O plano doutoral funciona em pleno na língua Inglesa, o que permite abranger um universo, tanto de doutorandos como de convidados, não limitado pela língua.

A EA e o CITAR mantêm uma parceria muitíssimo forte e dinâmica com as instituições culturais da região norte de Portugal de dimensão artística mundial como a Fundação de Serralves, Casa da Música e Gnration/Braga Media Arts. Estas parcerias permitem aos doutorandos terem um contacto privilegiado da produção contemporânea enquanto observadores e investigadores, tal como lhes permite ter um acesso privilegiado às instituições e programadores enquanto artistas e criadores.

Há uma grande diversidade na proveniência geográfica e cultural, assim como na preparação científica e atividade de desenvolvimento prévia da grande maioria dos doutorandos. Essa diversidade cria uma sinergia e contexto únicos favorecendo o processo de desenvolvimento dos projetos de investigação e artísticos.

A EA com a sua oferta de licenciaturas e mestrados na área, integra os estudantes num ambiente dinâmico e vivo, com oportunidades de desenvolvimento de perfis de competências académicos mais completos.

Apoio à desenvolvimento de investigação aplicada no âmbito teórico prático através do CCD que integra o roteiro FCT nacional de infraestruturas de investigação de interesse estratégico. Além das disciplinas exclusivas, os alunos de doutoramento podem frequentar todas as unidades curriculares oferecidas nas diferentes áreas de especialização dos Mestrados em Som e Imagem, Cinema, Fotografia e Indústrias Criativas, o que permitirá aos doutorandos a obtenção de conhecimentos técnicos e práticos determinantes para o desenvolvimento das suas teses.
 

a. Características

  • Novidade de oferta no contexto nacional.
     
  • Forte envolvência da comunidade e das práticas culturais da região.
     
  • Participação, através de iniciativas constantes (Residências Artísticas, Seminários, Escola de Verão) de artistas, realizadores e especialistas internacionais nas áreas do cinema e Produção de Efeitos Visuais (VFX). Combina a experiência de professores da Escola das Artes (doutorados, especialistas e galardoados) com profissionais internacionais de igual relevância.
     
  • Contexto cultural dinâmico (Residências Artísticas, ciclos de cinema, exposições cinemáticas).
     
  • Corpo docente com grande capacidade organizativa e criativa, incluindo artistas e investigadores de prestígio internacionais.
     
  • Utilização dos recursos técnicos e artísticos da Escola das Artes (laboratórios audiovisuais, equipamento de filmagem digital, estúdio chroma-key, Laboratório MoCap, estúdios de som, laboratórios de pós-produção vídeo e VFX).
     
  • Ensino dirigida para o desenvolvimento de projetos individuais tanto na área da criação artística, como profissionalizantes.
     
  • Possibilidade de ensino totalmente em inglês (angariação de alunos internacionais).
     
  • Metodologia de projeto baseada na relação direta com os professores.

a. Características

A formação conta com um plano curricular polivalente, que aborda disciplinas como “Gestão Empresarial e Estratégia nas Indústrias Criativas”, “Arte, Cultura e Indústrias Criativas”, “Legislação nos Setores Cultural e Criativo”, “Criatividade”, “Marketing, Marca e Negócio”, “Tecnologias nas Práticas Criativas” ou “Gestão de Projeto e Plano de Negócios”.

O 1.º ano curricular promove competências e conhecimentos nos domínios da:

  • criatividade, gestão empresarial e estratégia, legislação nos setores culturais e criativos,
  • gestão, plano de negócios e financiamento, internacionalização, marketing e marca, tecnologias, avaliação e impacto de projetos.

O 2.º ano permite a escolha entre a:

  • via do empreendedorismo criativo (Projeto Final)
  • via de investigação (Dissertação)
  • via profissionalizante (Estágio).

a. Características

  • Acesso contínuo e preferencial a equipamentos tais como: Laboratório de Motion Capture, Estúdio de Mistura com Som Surround, Laboratório de Arte Interativa e Fabricação Digital, Estúdio de Cinema/TV com Chroma-Keying; 
  • Integração na comunidade criativa da EA, transversal aos seus cursos; Possibilidade de colaboração e integração em projetos de investigação do Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes (CITAR) da Escola das Artes; 
  • Possibilidade de colaboração e integração em projetos de transferência de conhecimento e produção artística do Centro de Criatividade Digital (CCD) da Escola das Artes;
  • Corpo docente que inclui profissionais e artistas reconhecidos no mercado global, assim como orientadores universitários experientes

a. Características

Proximidade com o Programa cultural intenso da Escola:

a. Características Distintivas

  • Única oferta formativa no país.
     
  • Abordagem teórico-prática ao estudo e documentação da arte contemporânea.
  • Articulação com o Mestrado de Conservação e Restauro de Bens Culturais e com a Pós-Graduação de Curadoria e Mercados de Arte, com os quais partilham algumas unidades curriculares, promovendo desta forma uma interdisciplinaridade única.
     
  • Participação de diversos convidados que, através de seminários especializados, complementam a formação através do contacto com a realidade profissional.
     
  • Ligação às instituições da cidade, que pode ser aprofundada com exemplificação e práticas de documentação.
     
  • Parceria com a Fundação de Serralves e com o Centro de Arte Oliva.

a. Características distintivas

  • Mestrado centrado em desenvolvimento de projetos artísticos individuais

  • Acompanhamento tutorial com artistas e realizadores convidados

  • Instalações e equipamentos de cinema de qualidade profissional, incluindo captação, pós-produção de imagem e som

  • Uma oficina com condições para construção de elementos físicos para instalações

  • Um orçamento de produção para o projeto final, tanto de financiamento da Escola das Artes como do Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA)

a. O que se espera de quem ingressa neste curso?

  • Interesse pelo património artístico e cultural antigo e contemporâneo.
     
  • Interesse por uma formação diversificada teórico-prática, assente numa visão ampla de Património Cultural.
     
  • Espírito curioso e aberto à investigação e gosto pela resolução de problemas.
  • Vontade de trabalhar em equipa com profissionais da mesma área e de outras áreas do conhecimento.
     
  • Gosto pelo trabalho em diferentes contextos: oficinas, trabalho in situ, laboratórios.
     
  • Destreza manual, acuidade visual e coordenação motora.
Mestrado em Conservação e Restauro de Bens Culturais_Imagem 2

b. Características

O que oferece o Mestrado em Conservação e Restauro de Bens Culturais?

  • Aprofundamento de conhecimentos e experiências destinadas ao exercício da profissão, através do desenvolvimento de práticas nas áreas de interesse.
     
  • Desenvolvimento de investigação, através da elaboração de uma dissertação e do estímulo à publicação científica.
     
  • Realização de projetos e atividades de intervenção em arte e património em contexto real.
     
  • Formação de caráter especializado que permite compreender as técnicas artísticas, a composição e o comportamento de materiais, conhecer a sua degradação e executar os tratamentos mais adequados à sua conservação.
     
  • Possibilidade de desenvolver competências para as áreas de: Pintura, Pintura Mural, Escultura, Talha, Arte Contemporânea, Património Integrado, Património Documental, Património Arqueológico, Coleções científicas, entre outras.
     
  • Estadias Erasmus em escolas e universidades europeias.
     
  • Participação em Jornadas Técnicas e Workshops de Formação Avançada sobre tecnologias e metodologias de vanguarda com especialistas internacionais.
     
  • Contributo para projetos de investigação e colaboração com investigadores do Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes, da Escola das Artes.
     
Mestrado em Conservação e Restauro de Bens Culturais_Imagem 1

b. Instalações e Equipamentos de Referências

  • Estúdios planeados de raiz com acesso 24h/dia
  • Estúdios individuais de edição vídeo
  • Estúdios de captura e mistura Som Stereo e Surround
  • Laboratório de Motion Capture
  • Laboratório de Fabricação Digital (impressoras 3D, CNC, electrónica)
  • Estúdio de Cinema/TV com Chroma-Keying
  • Grande auditório de Cinema (400px) equipado com Som Surround e Sistema de Projeção Digital 2K

b. Main Objectives

Acquisition and development of skills, such as:

  •      Mastery of photographic techniques from lighting, treatment, image editing and printing
  •      Production of photographic series and elaboration of an artistic portfolio
  •      Realization of an exhibition project
  •      Design and publication of an author/monograph book
  •      Theoretical-practical investigation into currents of contemporary photography

Professional/artistic portfolio development in:

  •      Practical Project in Photography
  •      Research and development of Dissertation in Photography

b. Principais objetivos

  • Formar especialistas na aplicação de conhecimentos a nível da gestão financeira, legal e operacional do sector criativo.
     
  • Aumentar a eficiência, eficácia e impacto económico e sociocultural dos projetos culturais e criativos.
     
  • Fomentar a criação de massa crítica que reflita o sector das indústrias criativas.
     
  • Dar a conhecer as principais práticas culturais nacionais e as formas como estas influenciam o desenvolvimento das indústrias criativas.

No final, o discente estará apto a refletir sobre este campo de atuação, nomeadamente investigar e analisar de forma critica sobre processos relativos à idealização, criação, desenvolvimento e operação do sector cultural e criativo, fortalecendo a capacidade para visualizar novas oportunidades de negócios e encontrar soluções para problemas reais do sector.

b. Principais objetivos

  • Adquirir conhecimentos técnicos e artísticos do processo de pré-produção, produção e pós-produção de uma obra audiovisual. 
     
  • Desenvolver competências técnicas e artísticas nas áreas de realização, produção, argumento, direção de fotografia, argumento, direção de som, direção de arte, montagem e pós-produção. 
     
  • Desenvolver conhecimentos e competências estéticas para a criação de uma obra audiovisual. 
     
  • Adquirir e desenvolver conhecimentos sobre o mercado cinematográfico e artístico, e a sua distribuição e marketing. 
     
  • Compreender criticamente a história da arte e do cinema como forma de sustentar uma cultura visual informada. 
     
  • Desenvolver capacidades para a crítica e análise de obras cinematográficas. 
     
  • Adquirir um conhecimento informado sobre os diferentes géneros, estilos e cinematografias e a sua interligação com a prática. 
     
  • Desenvolver um pensamento estruturado sobre as grandes questões da história e do pensamento humano, que se possam refletir numa criação audiovisual.

b. Principais objetivos

  • Desenvolvimento de carreira nas áreas da criação artistica em: 
            Vídeo - realização, captura e edição vídeo para diferentes fins da indústria audiovisual (Estúdio TV, institucionais, publicidades, redes sociais, etc)
            Animação – cinema de animação, modelação e texturas 3D
            Artes digitais – instalações interactivas, arte para videojogos
            Áudio – Captura, edição e mistura de som para diferentes fins (Televisão, Cinema, Concerto, Estúdio)
     
  • Desenvolver competências teóricas e de exploração tecnológica e prática, bem como pensamento crítico sobre Arte e Sociedade.

b. Principais objetivos

O curso pretende oferecer uma formação completa em práticas curatoriais, aliando uma forte componente teórica e uma perspetiva histórica sobre a curadoria ao desenvolvimento de um projeto curatorial, desde a sua conceção, produção, e apresentação pública.

  • Desenvolver uma identidade artística, conceptual e crítica.
     
  • Compreender criticamente a história da arte e da curadoria como forma de sustentar uma forte cultura visual.
     
  • Desenvolver um pensamento estruturado sobre as grandes questões da história e do pensamento humano, que se possam refletir numa criação artística.
     
  • Desenvolver capacidades para a crítica e análise de uma obra cinematográfica.
     
  • Adquirir conhecimentos técnicos e curatoriais do processo de conceção, reflexão, produção e comunicação de uma exposição.

b. Principais objetivos

  • Compreender as técnicas artísticas, a composição e o comportamento de materiais
  • Conhecer os processos e fases degradação e executar os tratamentos mais adequados à conservação de diferentes obras
  • Ser capaz de trabalhar em equipa para a resolução de problemas relacionados com a conservação e restauro de obras de arte
  • Identificar o enquadramento histórico, técnico e cultural de objetos artísticos e património
  • Executar exames de diagnóstico para identificação de obras e avaliação das técnicas de intervenção

b. Principais objetivos

  • Plano de Estudos que procura dar resposta aos desafios que atualmente se colocam à investigação nos domínios da conservação e restauro e gestão do património cultural.
     
  • O aluno é incentivado a construir o seu percurso de investigação enquadrado numa estrutura curricular mais flexível, mas geradora de competências fundamentais para a realização de um trabalho final de tese doutoral inédito e cujos resultados se repercutam nas comunidades científica e profissional.

b. Principais objetivos

O Programa de Doutoramento em Ciência e Tecnologia das Artes, incentiva a investigação baseada num ambiente multidisciplinar, promovendo a convergência entre várias áreas de investigação (Belas Artes, Cinema, Som e Imagem, Música, Arte dos Novos Media, Engenharia, e outras).

Este programa foi concebido para satisfazer as necessidades de estudantes/investigadores com um perfil variado que apresenta trabalho e prática artística já desenvolvido e/ou um percurso profissional ligado à investigação na área da Ciência e Tecnologia das Artes.

Tendo estes aspectos em consideração, o programa investe num perfil de investigação de alto nível e visa fornecer capacidades de investigação sistematizada, bem como ferramentas especializadas no campo das tecnologias aplicadas à criação e às artes. Neste contexto, a educação e formação do doutoramento pretende envolver aqueles que se dedicam ao pensamento crítico, história, estética e teoria das artes.

b. Principais objetivos

The Program aims to systematize and offer a generic approach to the technical, material and conceptual diversity of contemporary art, through training with a theoretical-practical nature with analysis of case studies, contact with the different realities and actors and documentation practices.

  •      Develop a solid base of technical and material knowledge associated with the creation process.
  •      Strengthen interpretive capacity in technical/material and conceptual aspects.
  •      Develop the analysis of the different typologies of contemporary artistic creation.
  •      Apply documentation methods and techniques.
  •      Establish links between the various participants participating in the documentation process.
  •      Develop the ability to work in interdisciplinary teams.

b. Principais objetivos

  • Desenvolver capacidades para a compreensão, crítica e análise de uma obra cinematográfica e/ou obra de cruzamento entre o cinema e as artes visuais.
  • Adquirir um conhecimento informado sobre o cinema contemporâneo e a sua relação com a arte contemporânea.
  • Desenvolver um pensamento estruturado sobre as grandes questões do tempo contemporâneo, que se possam refletir numa criação artística.
  • Compreender o espaço do cinema no contexto cultural contemporâneo e as dinâmicas de programação e curadoria artísticas.
  • Desenvolver competências complexas, técnicas e artísticas na área do cinema (realização, produção, direção de fotografia, escrita de argumento, direção de arte e pós-produção), assim como no seu campo expandido (instalação).
  • Desenvolver uma identidade artística, concetual e crítica.

b. Saídas profissionais

Por cada cena complexa e surpreendente que se vê no cinema ou na TV, há artistas 2D/3D e “Compositing” que usam as imagens reais capturadas pela câmara e integram elementos gerados por computador para criarem planos e sequências incríveis que enganam e deslumbram a nossa perceção.

c. Bolsas

Adequadas à situação de cada candidato que pode solicitar o estudo do seu caso e avaliar as possibilidades de apoio de que dispõe. 

c. Competências

  • Formar especialistas nas diferentes áreas dos estudos de curadoria;
  • Desenvolver o ensino e investigação avançados da história da curadoria e das disciplinas com ela relacionadas como: antropologia, arquitetura, design expositivo, filosofia, história da arte, museologia, etc.;
  • Preparar especialistas que assumam a curadoria não só como campo de conhecimentos e investigação, mas igualmente como domínio prático profissional;
  • Desenvolver competências indispensáveis ao estudo da curadoria nomeadamente na organização de exposições;
  • Promover a capacidade de realizar exposições através do conhecimento dos diferentes elementos exigidos para a conceção, implementação, desenvolvimento, produção e receção de eventos expositivos;
  • Dotar especialistas das ferramentas necessárias à melhor compreensão da curadoria de arte, nomeadamente através do aprofundamento do conhecimento dos diferentes meios artísticos, das suas instituições, agentes e dinâmicas;
  • Proporcionar formação de base na área da gestão e produção de projetos de curadoria;
  • Capacitar os estudantes a operar em instituições públicas e privadas como autarquias, museus, fundações e outros espaços expositivos com vocação cultural;
  • Promover junto de profissionais a formação ao longo da vida.

c. Competências

  • Estabelecer relações com base na experiência de diversos especialistas e profissionais das várias áreas relacionadas com a arte contemporânea.
     
  • Oferecer uma formação que exponha a dinâmica e a diversidade do contexto criativo e as respetivas implicações de estudo e documentação.
     
  • Formar especialistas através de uma abordagem teórico-prática que auxilie no aprofundamento do conhecimento técnico, material e conceptual.
     
  • Fornecer ferramentas que proporcionem a correta eleição dos métodos e técnicas de documentação coerentes com as diversas realidades da arte contemporânea.
     
  • Criar uma formação dinâmica e interdisciplinar através da envolvência de vários intervenientes.
     
  • Proporcionar uma formação especializada que possibilitará ao aluno desempenhar funções técnicas em instituições publicas ou privadas detentoras de coleções de arte contemporânea.
     
  • Promover junto dos profissionais a formação ao longo da vida.

c. Investigação

A Pós-Graduação estará integrada na infraestrutura do Centro de Criatividade Digital, beneficiando da sua ligação à indústria criativa, entidades culturais e produtoras de audiovisual, e no contexto de investigação, no CITAR - Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes. O Centro tem, nas suas atividades de investigação, uma equipa de investigadores a trabalhar na área de cinema e da arte cinemática, produzindo artigos, projetos e criações artísticas dentro desse contexto. Esse conjunto de investigadores tem, nos últimos anos, uma relevante produção científica em áreas como o cinema contemporâneo, cinema português, cinema experimental, artes visuais, fotografia, curadoria, estética, etc.

A Pós-Graduação vai beneficiar de um amplo programa cultural já em ação que integra Residências Artísticas, sessões de cinema, exposições regulares, seminários interdisciplinares e uma Escola de Verão. Também beneficiará de protocolos de colaboração com entidades culturais diversas, tais como: Museu de Serralves, Câmara Municipal do Porto, Porto/Post/Doc, Solar - Galeria de Arte Cinemática, Curtas Vila do Conde, Future Places, etc.

c. Saídas Profissionais

Produção de Cinema, numa ou mais das suas vertentes:

  • realização
  • produção
  • direção de fotografia
  • direção de som
  • pós-produção (imagem / som)
  • escrita de argumento

Produção Artística com forte ênfase em trabalhos de imagem em movimento;
 
Produção Audiovisual freelance, nas suas diversas componentes:

  • captação de imagem / direção de fotografia
  • pós-produção de imagem / som
  • produção

c. Saídas profissionais

  • Produção de Cinema, numa ou mais das suas áreas:
    • realização
    • produção
    • escrita de argumento
    • direção de fotografia
    • direção de som
    • montagem
    • pós-produção (imagem / som)
    • escrita de argumento
  • Produção Artística com forte ênfase em trabalhos de imagem em movimento;
     
  • Produção audiovisual freelance ou em empresas, nas várias áreas descritas em cima e em trabalhos institucionais, corporativos, publicidade, televisão ou videoclips.

 

 

c. Saídas profissionais

Na continuidade da Licenciatura em Conservação e Restauro, o Mestrado, com a duração de 2 anos, confere uma especialização que permite o ingresso na profissão, de forma autónoma e individual.

  • Integra equipas em instituições culturais públicas ou privadas, como museus, galerias, arquivos, bibliotecas, fundações, monumentos, etc., que disponham de oficinas, laboratórios de conservação e restauro ou que desenvolvam programas de conservação preventiva.
  • Integra equipas de empresas privadas de conservação e restauro.
  • Coordena projetos de conservação e restauro, elabora planos de conservação preventiva.
  • Realiza diagnósticos, define metodologias de intervenção e executa os tratamentos mais adequados à conservação do património.
  • Desenvolve investigação aplicada na procura de soluções inovadoras para a preservação do património.
  • Participa em equipas multidisciplinares na reabilitação do património edificado e integrado e nas intervenções de preservação da arte e do património antigo e contemporâneo.

c. Saídas Profissionais

Os antigos alunos desta Licenciatura têm perfis variados, incluindo:

  •      Empresários/profissionais independentes na área audiovisual
  •      Profissionais altamente qualificados e especializados em empresas de comunicação e publicidade (televisão, rádio, produtoras de filmes)
  •      Profissionais especializados na promoção de espetáculos e entretenimento (gravação de vídeo, som ao vivo, produtores de eventos).
  •      Produtores e técnicos em estúdios de gravação (produção de estúdio

O Serviço de Empregabilidade organiza atividades de contacto com empresas e inserção no mercado de trabalho.

Os alunos e alumni usufruem de condições especiais na utilização dos espaços e equipamentos da Escola, mediante pedido de apoio e apresentação de projeto.

 

c. Saídas Profissionais

  • Instituições culturais como museus, galerias, arquivos, bibliotecas e fundações que disponham de oficinas, laboratórios de conservação e restauro ou que desenvolvam programas de conservação preventiva.
  • Empresas privadas de conservação e restauro.
  • Equipas multidisciplinares, na reabilitação do património edificado e integrado e em intervenções de preservação da arte e do património antigo e contemporâneo.

c. Saídas profissionais

O mestre em Gestão de Indústrias Criativa está apto a:

  • desenvolvimento de atividades técnico-científicas nas áreas de conhecimento relacionadas com a identificação de oportunidades de negócios no Sector Cultural e Criativo.
  • como investigador no processo de conceção, desenvolvimento e análise de atividades com foco no sector Cultural e Criativo.
  • na análise do contexto e de cenários prospetivos do ambiente organizacional, relacionados com o desenvolvimento das atividades do Sector Cultural e Criativo.
  • na operacionalização de processos do Sector Cultural e Criativo em relação à gestão dos processos e das rotinas organizacionais.
  • na elaboração de projetos de captação de recursos para o financiamento das atividades do Sector Cultural e Criativo.
  • na criação, gestão e execução projetos sustentáveis dentro das lógicas económico/culturais que caracterizam o Sector.
  • na promoção de encontros e das reflexões críticas sobre o papel, as características e os movimentos do Sector no contexto da sociedade atual em mudança.
  • na articulação projetos em diálogo com o poder público e demais organizações relativos ao sector.

c. Saídas Profissionais

Prática artística

Captação e edição fotográfica comercial

c. Saídas Profissionais

Na conclusão do curso os alunos estarão aptos para constituir carreira:

  • Artística – desenvolvimento dos seus trabalhos próprios enquanto autor nas áreas de Cinema de Animação, Produção Áudio (Cinema, Rádio, Concerto, Instalação), New Media (instalação interativa, ativação de marca, conteúdos em Realidade Aumentada e Virtual).
  • Científica – Poderão integrar-se em equipas de investigação do CITAR ou CCD, desenvolver trabalho de R&D que será em si definidor do futuro da área. Progredir para Doutoramento.
  • Profissional -  Criar ou estagiar e ingressar em empresas da sua área de especialização. Nesse sentido salientam-se os acordos de estágio infra citados.

 

Comunicação

Mariana Müller

d. Queres conhecer a Escola?

Agenda a tua visita através do artes@ucp.pt ou liga 226196275

d. Queres conhecer a Escola?

Envia mail para artes@ucp.pt a agendar ou liga 935 370 331

Digital and Interactive Arts Lab

This 50 m2 acoustically treated lab has a Yamaha Disklavier Grand Piano Robotic Performance System, a Notomoton Percussion Robot, two Reactable Live and one Reactable Media Bench Systems, various Microsoft Kinects, Nintendo Wiimotes, LeapMotion sensors, Webcameras, Arduino and Raspberry Pi systems, and various sensors and actuators for Digital and Interactive Digital Projects. It includes a 30m2 atelier for hardware and electronics projects.

Digital Photography Lab

The CCD has a small Digital Photograpy Lab, equipped with a large format photo-quality plotter, 2 high-performance workstations with calibrated 21’ ands 27’ LCD screens, and  industry standard software (e.g. Adobe Photoshop, etc.). The studio includes 5 CANON EOS6D cameras (with assorted lenses).

e. Bolsas e Apoio Social

Adequadas à situação de cada candidato que pode solicitar o estudo do seu caso e avaliar as possibilidades de apoio de que dispõe. 

e. Bolsas e Apoio Social

Adequadas à situação de cada candidato que pode solicitar o estudo do seu caso e avaliar as possibilidades de apoio de que dispõe. 

e. Bolsas e Apoio Social

Adequadas à situação de cada candidato que pode solicitar o estudo do seu caso e avaliar as possibilidades de apoio de que dispõe. 

Edições e Logística

Maria Ferreira

Equipa Técnica

Direção Técnica - João Pereira

Apoio - Nuno Fonseca, Pedro Oliveira

Produção - Rui Vieira

Conservação e Restauro - Cristina Basto, Joana Guerreiro

Exhibition Room

The CCD is also equipped with a fully-equipped Exhibition Room with 125.40 m2 (11.40m x 10m). From photography and painting exhibitions, to immersive video and sound art installations, the Exhibition’s Room can be used in a broad-range of settings, according to the most appropriate fashion. Artists such as Jonathan Uliel Saldanha, Nuno da Luz, Salomé Lamas, Francisco Tropa and João Paulo Feliciano already exhibited there.

g. Acordos de Estágio

Considera-se o estágio como parte escolar do curso, integrado no plano de formação no 2º ano do ciclo de estudos (Unidade Curricular de Estágio -  60 ECTS). É tido como estruturante da atitude profissional de um aluno do curso de Som e Imagem face à sua futura atividade laboral. Deve ser estruturante não só perante a polivalência das matérias base e interdisciplinares do curso, mas também enquanto forte elo de ligação entre a Universidade e o mercado de trabalho. O Estágio Curricular é desenvolvido nas Entidades Acolhedoras de acordo com a área de especialização de cada aluno, e tem uma duração mínima de 24 semanas. Entre as Entidades Acolhedoras e a Universidade Católica é celebrado um Acordo de Estágio que compromete as duas instituições envolvidas na duração do estágio, o aluno e o professor que o acompanha nesta Unidade Curricular.

Animação por Computador

  • Sardinha em Lata 
  • Solid Média 
  • Pix Mix 
  • Bando à Parte 
  • Cimbalino 
  • Farol de Ideias 
  • Filbox 
  • Filmes do Tejo 
  • Fronteira Filmes 
  • Garage Films 
  • Guerrilha Filmes 
  • Lightbox 
  • O Som e a Fúria 
  • Utopia Filmes 
  • Vende-se Filmes

New Media Art 

  • Be-Active 
  • Designarte 
  • Easy-Art 
  • Gema Interative 
  • Landka 
  • Menina Design ​

Design de Som 

  • ElitPalco 
  • Worten Digitópia Casa da Música
  • Indigo Música 
  • Loudness Studios
  • Lourisom 
  • SomNorte 
  • Soundtrapp 
  • Warehouse Studios (República Checa)
  • Ad-hoc Studios (Espanha)

g. Acordos de Estágio e Parcerias

Empresas e Instituições com Acordos de Estágio

  • Alexandre Manuel Viegas Maniés – Conservação e Restauro
  • Archeofactu – Arqueologia e Arte, Lda
  • CaCO3, Conservação do Património Artístico, Lda
  • Era Arqueologia SA
  • NCREP - Consultoria em Reabilitação do Edificado e Património Lda
  • Nova Conservação – Restauro e Conservação do Património Artístico-Cultural, Lda
  • N-Restauros, Conservação e Restauro Lda
  • Porto Restauro – Conservação e Restauro e Objetos de Arte
  • XpectralTEK
  • Diocese do Porto
  • Fundação de Serralves
  • Município de Ovar
  • Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa
  • Museu Nacional do Azulejo

Parcerias

  • ACRA - Atelier de Conservação e Restauro de Azulejo - Câmara Municipal de Ovar 
  • Câmaras Municipais (Porto, Matosinhos, Ovar) 
  • Celestial Ordem Terceira da Santíssima Trindade 
  • Dioceses, Paróquias e Ordens (Diocese de Bragança e Miranda, Sé Patriarcal do Porto 
  • Direção Geral do Património Cultural 
  • Direção Geral do Património Cultural, Laboratório José de Figueiredo 
  • Direção Regional da Cultura do Norte 
  • Escola Superior de Conservação e Restauro de Bens Culturais da Galiza, Espanha 
  • Film and TV School of Academy of Performing Arts (FAMU) - Department of Photography, Prague 
  • Fundação Casa de Rui Barbosa, Rio de Janeiro, Brasil 
  • Fundação de Serralves 
  • Fundação Osvaldo Fio Cruz, Rio de Janeiro, Brasil 
  • Geobiotech, Universidade de Aveiro 
  • Instituto del Patrimonio Histórico Español 
  • Inúmeras paróquias 
  • IVACOR- Valencia, Espanha 
  • Laboratório Hércules, Universidade de Évora 
  • Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) 
  • Museo de Arte Contemporanea de Barcelona (MACBA), Espanha 
  • Museo de Bellas Artes de Bilbao, Espanha 
  • Museu D. Diogo de Sousa 
  • Museu Nacional Soares dos Reis 
  • Museu Santa Maria de Lamas 
  • NCREP - Consultoria em Reabilitação do Edificado e Património Lda. 
  • Santa Casa da Misericórdia do Porto 
  • Universidade Complutense de Madrid (Belas Artes), Espanha 
  • Universidade de Sevilha (Belas Artes), Espanha 
  • Universidade de Vigo, Espanha 
  • Universidade do Minho 
  • Venerável Ordem Terceira de S. Francisco

g. Como e porquê prosseguir estudos?

O Mestrado em Cinema é uma formação avançada em cinema contemporâneo, aprofundando as competências técnicas e criativas desenvolvidas ao longo da Licenciatura. Permite escolher um foco específico de trabalho, dentro da área, com a realização de projetos de autor. A conclusão do curso faz-se com a realização de um projeto final, de uma dissertação teórica ou de um estágio curricular.

Conhece também todos os outros cursos da EA.

g. Como e porquê prosseguir estudos?

A Licenciatura em Som e Imagem garante o desenvolvimento das competências necessárias para ingresso no mercado de trabalho. No entanto, esta formação pode ser complementada através da oferta formativa avançada da Escola das Artes:

Mestrado em Som e Imagem
Mestrado em Cinema
Mestrado em Fotografia
Mestrado em Gestão de Indústrias Criativas

g. ​Como e porquê prosseguir estudos?

  • A Licenciatura garante o desenvolvimento das competências necessárias para ingresso no mercado de trabalho, permitindo trabalhar sob a supervisão de um conservador-restaurador que tenha grau académico igual ou superior a mestrado.
     
  • Para aceder a oportunidades mais avançadas, aconselhamos o complemento e aprofundamento da formação, através do Mestrado em Conservação e Restauro de Bens Culturais, que confere uma especialização que permite o ingresso na vida profissional, de forma autónoma e individual.

Motion Capture (MoCap) Lab

This 60 m2 studio is equipped with: a Vicon Motion Capture System; ten Vicon T40S-NR18, 4 Mega pixel cameras; full body suits and equipment for MoCap; two Dell T7500 Workstations; two High Speed Video Cameras; twelve GigE Gigabit Ethernet with 210 FPS frame rates; and a 25m3 service lift with direct access to the outdoor parking lot. This Lab also includes a 16.1 Genelec speaker sound system for multichannel sound reproduction, which can be used for surround interactive sound projects.

Multi-purpose Auditorium for Cinema, Music, Sound Performances and General Events

The Ilídio Pinho Auditorium (AIP) is a large Auditorium with  a capacity of 470 seats, divided between audience, 1st balcony and 2nd balcony; - Stage with 15 x 13 m (195m2 including backstage); - Projection Screen with 9 x 5 m; - Projection system of digital technology DCP * (Projector NEC 2K, 8000 Lumens); - Dolby Surround sound system with 24 speakers; - Capacity for 18,000 watts of illumination; - Digital Recording and / or Streaming on Régie de TV;

* The DCP (Digital Cinema Package) system is a prime technology for cinematic projection, allowing the display of contents with high quality of sound and image.

Serviços Académicos

Contacto Telefónico (2ª a 6ª feira 9h30-12h30 | 14h30-17h30) - 939030036
Email: sa..artes.porto@ucp.pt
Cristina Souto | Ext. 308
Filipa Barradas | Ext. 137
Vânia Fernandes | Ext. 137

Sound and Video Production Cells

The CCD has 10 sound and video production cells (~10m2 each), which include audio and video computer workstations installed with industry standard software (Apple Final Cut X, AVID ProTools 10, Adobe After Effects, Photoshop,  etc.), where sound and video editing and postproduction projects can be developed. Most cells include a small sound recording booth for simple tasks as voice overs, narration recording, etc.

Student Care e Eventos

TBD

Surround Music and Sound Recording and Mixing Studio

A 50 m2 acoustically treated studio regie with: an ICON 64 Fader D- Control ES Bundle System; Pro Tools HD with 16 preamplified inputs; 7.1 Blue Sky preamplified sound monitors with Sky System One 5.1 + two SAT 12 monitors; Hardware Dolby Surround (DP570 - Multichannel Audio Tool, DP564 - Multichannel Audio Decoder, DP570 - Multichannel Dolby Digital Enc.); and sound synthesis software, including Waves Diamond, Native Instruments Komplete 8 Ultimate and Vienna Symphonic Orchestra.

teste

answer

A minha faq

  • A minha reposta
  • teste

TV, Cinema and Chroma-Keying Studio

This 50m2 Video Recording studio includes a Chroma-Keying wall, a camera crane, and a high ceiling, where a lighting grid is installed. This studio is equipped with several lighting systems, including a recent state-of-the-art DEDOLIGHT led lighting system for motion picture, television, still photography, architectural lighting and fine art display. It also includes a 10m2 analogic TV regie (which at some point should be upgrade to a digital solution, with capacity for live webTV productions).

Video Production Systems for Cinema, TV, Videomapping and Outdoors Video Productions

CDD has a Sony Anycast Station AWS-G500HD portable video switching and audio mixing system, two Panasonic – AW-HE100E Robotic Cameras, one Sony Digital Cinema F3 camera, three Sony HD EX1 cameras, a Barco FLM HD14 Projector (14.000 ANSI Lumen), 3 Sony VPL-FH35 HD Video Projects (5400 ANSI Lumen). Video editing and post-production software licenses include Apple Final Cut X, Adobe After Effects, Davinci Resolve, Resolume Arena 4, (also available in the 7 CCD video editing cells).