João Pedro Rodrigues

Cinema
João Pedro Rodrigues (Lisboa, 1966) estudou na Escola Superior de Teatro e Cinema. Depois de trabalhar como assistente de realização e montagem, iniciou uma carreira como realizador que inclui filmes como “Parabéns!” (1997), “O Fantasma” (2000) “Odete” (2005), “Morrer como um homem” (2009), “A Última Vez que vi Macau” (2012) ou “O Ornitólogo” (2016). Co-realizando frequentemente com João Rui Guerra da Mata, os seus filmes foram exibidos e premiados em importantes festivais de cinema internacionais como Cannes ou Locarno.