Universidade Católica e Serralves juntam-se para uma exposição de João Paulo Feliciano

Quinta-feira, Fevereiro 24, 2022 - 09:02

“Ajax et plures” é o nome de uma exposição do artista João Paulo Feliciano, uma iniciativa no âmbito da adesão da Universidade Católica Portuguesa como membro fundador da Fundação de Serralves.

A exposição, que será inaugurada a 8 de março, às 19h, apresenta um conjunto de obras dos anos 1990 e 2000 pertencentes à Coleção de Serralves e uma obra inédita concebida para o campus da Universidade Católica Portuguesa no Porto. O artista intervém nas janelas do corredor da Escola das Artes, dando continuidade a uma série de trabalhos site-specific que concebeu em 2004 para os edifícios do Museu de Serralves e da Bienal de São Paulo, no Brasil.

As obras apresentadas na exposição são representativas de momentos distintos do percurso de João Paulo Feliciano. A atitude irónica e provocadora do artista, bem como a sua vontade de implicar o espetador na interpretação da sua obra, são características que se revelam transversais no diverso corpo do seu trabalho. Se os trabalhos dos anos de 1990 gravitam em torno do mundo da música rock e da realidade urbana, as obras de 2004 e 2021 demonstram um interesse pela exploração de fenómenos de perceção e permitem distinguir uma inflexão na relação com a tecnologia.

Esta iniciativa integra o Programa de Exposições Itinerantes da Coleção de Serralves que tem por objetivo tornar o acervo da Fundação acessível a públicos diversificados de todas as regiões do país.

 

A obra inédita intitulada Ajax

A par das obras pertencentes à Coleção de Serralves, a exposição irá apresentar uma obra inédita de João Paulo Feliciano encomendada pela Universidade Católica para o seu campus no Porto. O artista explora novamente as potencialidades do suporte, neste caso, da janela enquanto “interface luminoso”, que encaminha luz do exterior para o interior e vice-versa. A obra estabelece um jogo de formas e cores cambiantes, resultando numa instalação imersiva que abarca todo o espaço do corredor e transborda para o exterior.

Para João Paulo Feliciano os títulos dos seus trabalhos constituem-se enquanto “extensões linguísticas” de cada obra. Ajax evoca simultaneamente uma figura mitológica, um clube de futebol e um simples limpa-vidros, referenciando universos tão distintos quanto os que o seu corpo de trabalho tende a abarcar.

 

Obras

Artista: João Paulo Feliciano
Título: Back Home
Data: 1990
Técnicas: Metal, extintores, lâmpadas fluorescentes, vidro, espuma, telhas, folha de chumbo
Dimensões: 250 x 350 x 275 cm
Col. Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, Porto. Aquisição em 2006
Artista: João Paulo Feliciano
Título: Stage Real Fake
Data: 1990
Técnicas: Contraplacado, alcatifa, plástico, madeira, instalação eléctrica
Dimensões: Dimensões variáveis (53.5 x 335 x 236 cm (stage) site artisita)
Col. Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, Porto. Aquisição em 1996
Artista: João Paulo Feliciano
Título: Newtron
Data: 2004
Técnicas: Painel de vídeo (LED), processador, vídeo, leitor de DVD
Vídeo: DVD, cor, sem som, 13'33'' (loop)
Dimensões: 48 x 64 x 12 cm (painel de vidro)
Col. artista, em depósito na Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, Porto. Depósito em 2004
Artista: João Paulo Feliciano
Título: Ajax
Data: 2022
Técnicas: vinil autocolante e película dicróica autocolante sobre vidro
Dimensões: 25 m x 3,8 m
Col. artista, efetuada especialmente para o campus da Universidade Católica Portuguesa no Porto.

 

Mais informação disponível: em PT e em ENG.

Próximos Eventos

20
Out
19:00