Programa que marca o 1º Centenário da Morte de Aurélia de Souza é apresentado ao público

Sexta-feira, Abril 8, 2022 - 15:08


Foto: Rui Pinheiro©MNSR/Ariana Pinto©MNSR

 

O centenário da morte da pintora Aurélia de Souza será comemorado com uma série de atividades ao longo do ano de 2022 e 2023.  A programação foi apresentada em cerimónia no Museu Nacional Soares dos Reis na última semana com a presença de representantes das diferentes entidades parcerias. Estavam presentes o Diretor do Museu Nacional Soares dos Reis, António Ponte, a Sub-Diretora da Direção Geral de Património Cultural, Rita Jerónimo, a Presidente do Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, Isabel  Braga da Cruz, o Reitor da Universidade do Porto, António de Sousa Pereira, a Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, o Presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira. 

A programação incluirá atividades como exposições, workshops, rodas de conversa sobre a artista, performances, atividades educativas e a edição de um catálogo raisonné.  

O catálogo contará com alguns resultados do projeto da investigadora Maria Aguiar, do Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes (CITAR), da Escola das Artes. O projeto tem como objetivo aprofundar questões materiais e técnicas relacionadas com a utilização de lacas, vernizes intermédios e problemas de conservação associados.

O catálogo raisonné de Aurélia de Sousa, sob a coordenação de Raquel Henriques da Silva, docente e investigadora do Instituto de História da Arte, da Universidade Nova de Lisboa, tem previsão de lançamento em março de 2023. A Católica é parceira do catálogo, através do projeto da investigadora do CITAR, juntamente com outros parceiros como o Museu Nacional Soares dos Reis, a Universidade do Porto, a Câmara Municipal do Porto e a Câmara Municipal de Matosinhos.

Mais informações sobre o projeto da investigadora Maria Aguiar aqui.