Já Disponível · EA DASHED CONCERTS #4 · João Pais Filipe e Jorge Queijo

Sexta-feira, Abril 1, 2022 - 16:16

 

EA DASHED CONCERTS #4 · João Pais Filipe e Jorge Queijo

 

Os EA DASHED CONCERTS são momentos concentrados de máxima potência sonora. Estes concertos, promovidos e organizados pela Escola das Artes, com a duração de 15-20 minutos, serão o local onde todos os meses músicos e bandas convidadas de diferentes origens geográficas e artísticas irão apresentar o seu trabalho. Nesta quarta sessão recebemos João Pais Filipe e Jorge Queijo. As gravações dos concertos e performances ficarão disponíveis no canal de YouTube da Escola das Artes.

Na quarta iteração do programa Dashed Concerts, a Escola das Artes — UCP apresenta a primeira colaboração ao vivo dos percussionistas João Pais Filipe e Jorge Queijo. Ambos criadores de um corpo de trabalho idiossincrático no que diz respeito aos seus modos de investigação e construção sonoplástica, os percursos dos dois multi-intrumentalistas partilha uma visão alargada e continuamente expansiva no que diz respeito às possibilidades materiais e rítmicas da percussão. Confluem nesse prisma a construção autoral de instrumentos, a manipulação de objetos incomuns e a preferência por tempos obscuros.

 
 
NOTAS BIOGRÁFICAS
João Pais Filipe é baterista, percussionista e escultor sonoro nascido no Porto nos anos 80. Sua trajetória como músico é marcada pela colisão com uma ampla gama de estilos e linguagens. A sua música surge da construção de gongos, címbalos e outros instrumentos metálicos de percussão, a partir dos quais explora as dimensões escultóricas e as propriedades acústicas do instrumento. Como artista solo, persegue uma exploração das tensões que podem ser criadas entre o mecânico e o orgânico, a repetição e o loop, a pista de dança e o mantra.
 
Jorge Queijo é multi-instrumentista, improvisador, compositor e produtor. Estudou percussão clássica e é licenciado em Jazz pela ESMAE e mestre em Music Leadership pela Guildhall School of Music and Drama. Seus encontros musicais desenvolveram seu gosto por composições contemporâneas, rock, thrash metal, jazz, free jazz, improvisação, minimalismo, música gamelan e formas de música drone profunda. Sua produção inclui encomendas musicais para dança, teatro e exposições, além de seus discos solo e instalações sonoras.
 

 

Próximos Eventos

15
Dez
19:00