Defesa de dissertação de Mestrado de Conservação e Restauro de Bens Culturais

Quinta-feira, Novembro 17, 2022 - 15:10

 

No dia 30 de novembro, quarta-feira, terá lugar a defesa da dissertação, “A reintegração cromática de superfícies pictóricas contemporâneas com acabamento mate: um estudo técnico com base no critério da reversibilidade”, da aluna Joana Diniz da Fonseca do Mestrado em Conservação e Restauro de Bens Culturais.

Será uma excelente oportunidade para conhecer os desafios implicados num dos tratamentos mais visíveis e exigentes da conservação-restauro, a reintegração cromática, e a dificuldade em encontrar soluções eficazes relativas às superfícies pictóricas de acabamento mate, pela grande suscetibilidade a danos, à presença de áreas de cores planas e uniforme e de texturas homogêneas. Em consequência, a aluna realizou um estudo técnico sobre seis aglutinantes, com base no critério da reversibilidade, testados e avaliados segundo leituras espectrofotométricas, testes de envelhecimento natural e acelerado e testes de solubilidade e remoção. O estudo ficou concluído com a realização dos tratamentos de reintegração cromática de duas obras pictóricas, “Sem título” de Maria Isabel Fraga Pereira, pintura pertencente à coleção do Museu da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e “Forma, Descriptio, Graphis” de Francisco Laranjo, uma pintura de tinta da china sobre papel, da Coleção da Fundação de Serralves.

 

A prova terá lugar às 14:00 horas na sala EAA003 e contará com a arguição da Doutora Ana Bailão.