Aula aberta · Enrico Masi · Fronteiras e Identidade

22.10.2019 18:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

22.10.2019 18:00 Aula aberta · Enrico Masi · Fronteiras e Identidade Link: https:///pt/node?page=3&msite=11

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto
 
 
Aula aberta
Enrico Masi ·  Fronteiras e Identidade
22 OUT · 18H
Auditório Ilídio Pinho
 
Exibição do filme seguida de conversa
Shelter – Farewell to Eden · 81’ · Itália/França
 
Shelter é a história de Pepsi, militante transsexual. Forçada pela descriminação sexual a abandonar primeiro as Filipinas, e depois a Líbia, onde trabalhou durante dez anos, juntou-se ao fluxo de refugiados. À procura do reconhecimento de um direito fundamental, vive entre Itália, onde está registada, e França, onde procura trabalho. 
 
No seu percurso como realizador, Enrico Masi tem investigado a paisagem da pós-modernidade. Central na sua pesquisa, o conceito de Mega Evento define acontecimentos que transformam completamente os tecidos sociais e urbanos. Em Shelter, Enrico Masi descobriu nas migrações do século XXI os eventos mais impactantes para as sociedades globais. 
 
Nesta aula aberta, a projeção de Shelter serve de ponto de partida para discutir o papel das fronteiras e da identidade face a formas de poder que tendem a impor a imobilidade social. 
 
 
 
Entrevista com o realizador
 

 
 
Trailer do Filme

Visita Orientada à Exposição GUIDO GUIDI / CAÇADOR DE SOMBRAS

14.11.2019 18:00
Edifício das Artes / Arts Building

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

14.11.2019 18:00 Visita Orientada à Exposição GUIDO GUIDI / CAÇADOR DE SOMBRAS Link: https:///pt/node?page=3&msite=11

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto
 
Guido Guidi, Porto, 14.10.2018, impressão analógica de negativo 6x6

 

14 NOV · 18 H · Sala de Exposições EA
Visita Orientada à Exposição GUIDO GUIDI / CAÇADOR DE SOMBRAS
Com Carlos Lobo (Coordenador do Mestrado em Fotografia da Escola das Artes)

 

Antes da visita será exibido o filme Guido Guidi - Cose da Nulla.

Titolo: Guido Guidi - cose da nulla
Realização: Daniele Pezzi, Agostino Cordelli
Montagem: Daniele Pezzi
Mix de som: Giovanni Lami
Música: Debora Penazzi
Italia 2016, 23 minutos

 

Carlos Lobo
Fotógrafo e editor da Chromma e Lebop, expõe regularmente em Portugal e no exterior. Doutorado em Ciência e Tecnologia das Artes, especialização em fotografia

 


 

Guido Guidi · Caçador de Sombras: Viagem aos limites do Porto
 
Organização 
 
Apoios
Câmara Municipal do Porto (Programa de Apoio à Criação Artística CRIATÓRIO)
 
 
EAUM
 
Agradecimentos
Paulo Catrica, Matilde Seabra, Álvaro Domingues, Alexandre Inglês, Pedro Bandeira, José Aurélio, Marta Guidi, Mariano Sartore, Victor Guedes, Carlos Lobo, The Worst Tour of Porto.
 

 

 

 

Não Consegues Criar O Mundo Duas Vezes (2017) · Francisco Noronha e Catarina David

30.10.2019 18:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

30.10.2019 18:00 Não Consegues Criar O Mundo Duas Vezes (2017) · Francisco Noronha e Catarina David Link: https:///pt/node?page=3&msite=11

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto
 
30 OUT · 18h · Auditório Ilídio Pinho
Não Consegues Criar O Mundo Duas Vezes (2017) de Francisco Noronha e Catarina David
 
Eram os anos 90 e uma série de miúdos passava as manhãs a ouvir Mobb Deep, Wu-Tang Clan, Cypress Hill ou De La Soul, e as tardes a construir as suas próprias batidas. Assim nasceu o movimento do hip hop português. Não Consegues Criar O Mundo Duas Vezes de Catarina David e Francisco Noronha (crítico musical do jornal Público) centra-se no eixo Porto-Gaia e organiza um monumental documento sobre um período marcante da música nacional. Para isso convocaram pioneiros como os Mind da Gap ou os Dealema, que recordam uma época em que a amizade gerava criatividade, e vice-versa.
 
Francisco Noronha, licenciado e mestre em Direito pela FDUP, é realizador e crítico de cinema e de música. Realizou e co-realizou, respectivamente, os filmes "O Despiste” (2019) e “Não Consegues Criar O Mundo Duas Vezes” (2017), exibidos em festivais portugueses e internacionais. Colabora com diversas organizações na área da programação e crítica de cinema.
 
Catarina David (Porto, 1983) cresceu rodeada de estúdios de televisão e de salas de cinema. Teve uma educação em Artes, e completou o mestrado em Direção de Fotografia na Universidade Católica do Porto. Apaixonada pelo cinema e fotografia e gosta de todo o tipo de música, interessando particularmente o hip-hop juntando-se a Francisco Noronha na realização do seu primeiro filme, sobre a história do rap no Porto.
 
--
 
Ciclo de Cinema
Porto, Periferia
 
A partir de uma proposta da Escola das Artes no âmbito da exposição GUIDO GUIDI / CAÇADOR DE SOMBRAS, o Cineclube EA apresenta o ciclo "Porto, Periferia", que se estenderá por 3 sessões, contando com a presença dos diversos autores.
 
Organização: Associação de Estudantes da Escola das Artes

Guido Guidi · Caçador de Sombras: Viagem aos limites do Porto

 
Organização 
 
Apoios
Câmara Municipal do Porto (Programa de Apoio à Criação Artística CRIATÓRIO)
EAUM
 
Agradecimentos
Paulo Catrica, Matilde Seabra, Álvaro Domingues, Alexandre Inglês, Pedro Bandeira, José Aurélio, Marta Guidi, Mariano Sartore, Victor Guedes, Carlos Lobo, The Worst Tour of Porto.
 

 

xCoAx 2019 | Livro de atas já disponível online

O livro ”XCOAX 2019: PROCEEDINGS OF THE SEVENTH CONFERENCE ON COMPUTATION, COMMUNICATION, AESTHETICS AND X” pode ser gratuitamente descarregado no seguinte url: http://2019.xcoax.org

Trata-se da compilação dos artigos de excelência, que integraram as 6 emocionantes sessões da conferência xCoAX e que mantiveram a audiência a discutir sobre IA, redes de comunicação, arte, multiculturalismo, globalização, criatividade e estética, entre muitos outros temas. Esta publicação reúne também as propostas dos artistas cujas obras incrivelmente atraentes, variadas e distintas integraram os dois espaços expositivos da xCoAx onde a competência humana se reuniu com a mais recente tecnologia. As propostas dos artistas talentosos que pela sua versatilidade e destreza na mediação do material e do digital foram seleccionados para um conjunto de actuações performativas também integram este livro. A publicação conta ainda com as contribuições de Luciana Parisi e Domenico Quaranta que foram os oradores convidados da 7.ª edição da xCoAx.

pt
07-10-2019

Dois filmes EA no Doclisboa 2019

Stills dos filmes

 

Duas produções da Escola das Artes integram a competição da secção Verdes Anos no Doclisboa 2019, numa seleção de 21 obras nacionais e estrangeiras. Casa na Praia, de Teresa Folhadela e Simulacro, de Duarte Maltez, serão ambos exibidos no dia 24 de Outubro pelas 16h00.

O filme de Teresa Folhadela, recorde-se, esteve já presente no FIDMarseille, um dos mais prestigiados festivais de cinema dedicados ao documentário.

Casa na Praia fala dos laços, dos momentos banais e do olhar inquieto de uma pequena câmera. Tempos e momentos, coisas que mexem, perguntas que se resolvem e que surgem através da curiosidade e do zoom digital

Simulacro trata-se de uma disfunção cinematográfica com base em found footage e lost films manipulados que se juntam para repensar a sociedade moderna. A perversidade do controlo, do poder, do consumo, em comparação com as imagens concebidas para potencializar o lado sensorial, são alguns dos tópicos abordados.

Os dois filmes são projetos finais de curso da Licenciatura em Som e Imagem.

 

pt
02-10-2019

Guido Guidi · Caçador de Sombras

15.10.2019 19:30 — 13.12.2019 19:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

15.10.2019 19:30 13.12.2019 19:00 Guido Guidi · Caçador de Sombras Link: https:///pt/node?page=3&msite=11

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto

 
Guido Guidi, Porto, 14.10.2018, impressão analógica de negativo 6x6
 
Exposição
GUIDO GUIDI / CAÇADOR DE SOMBRAS
Viagem aos limites do Porto
Curadoria de Paula Parente Pinto e Joaquim Moreno
 
15 OUT - 13 DEZ· Sala de Exposições EA

HORÁRIO DA EXPOSIÇÃO: Ter-Sex, 14h-19h

ENTRADA LIVRE

Visitas de grupo gratuitas, mediante marcação prévia pelo seguinte e-mail: mdinis@porto.ucp.pt

 

Apresentando-se como estratégia de descentralização do olhar, num período em que a cidade do Porto parece ter entrado numa fase de profundas transformações fomentadas pelo turismo urbano, o levantamento fotográfico de Guido Guidi constitui-se como uma viagem pelas periferias e limites urbanos, incluindo o centro oculto, que não fica registado nos postais representativos da cidade. Um olhar centralizado e normativo, dirigido aos edifícios notáveis, embora tranquilizador, não responde às necessidades estratégicas da cidade contemporânea e à visão prospectiva que ela necessita. Procura-se assim desviar a atenção do centro bem identificado para os limites cada vez mais ténues e indefinidos.
 
O titulo encontrado desta exposição: shadow hunter, acontece a meio caminho entre o gesto de fixar as sombras no filme fotográfico que parece descrever e o nome de um personagem fantasioso de uma série televisiva grafitado numa parede da cidade. É um acidente, um acaso, que dá sentido aos eventos que o precedem; que faz acontecer a história que parece contar e constrói os conflitos e os paradoxos que percorre e torna um pouco mais sensíveis. Focado em lugares recombinados e pluritemporais, o olhar de Guido Guidi é um espelho silencioso que nos devolve alguns limites urbanos tornados invisíveis pelo quotidiano.

 

PROGRAMA DE INAUGURAÇÃO
15 OUT 18h30 · Auditório Ilídio Pinho 

Conversa · Silêncios, Ausências e algumas Avarias
com Álvaro Domingues e Joaquim Moreno
Mais informação aqui.

19h30 · Sala de Exposições
Abertura da exposição

 

PROGRAMA DE EXPOSIÇÃO: disponível AQUI

– –

Horários de abertura
15 OUT - 13 DEZ
terça a sexta | 14 - 19h
Sala de Exposições da Escola das Artes

 


 

 


Organização
 
Apoios
Câmara Municipal do Porto (Programa de Apoio à Criação Artística CRIATÓRIO)
EAUM
 
Agradecimentos
Paulo Catrica, Matilde Seabra, Álvaro Domingues, Alexandre Inglês, Pedro Bandeira, José Aurélio, Marta Guidi, Mariano Sartore, Victor Guedes, Carlos Lobo, The Worst Tour of Porto.
 

CCR intervenciona maquetes de Álvaro Siza Vieira para grande exposição em Serralves

 

No âmbito da parceria com a Fundação de Serralves, o Centro de Conservação e Restauro (CCR) da Escola das Artes  intervencionou um conjunto de seis maquetes do arquiteto Álvaro Siza Vieira, com vista a integrar a Exposição antológica Álvaro Siza: In/Disciplina.
 
Álvaro Siza: In/Disciplina é uma das exposições centrais nas comemorações dos 30 anos da Fundação de Serralves e dos 20 anos do Museu de Arte Contemporâneadecorrendo entre os dias 19 de Setembro de 2019 e 2 de Fevereiro de 2020,
 
Com curadoria de Nuno Grande e Carles Muro, tem por base trinta projetos elaborados entre 1954 e 2019, fazendo um percurso pela carreira de Álvaro Siza, desde a sua formação até à sua plena afirmação autoral e consagração como uma das figuras cimeiras da arquitetura mundial.
 
Álvaro Siza é autor de obras icónicas, como sejam a Casa de Chá da Boa Nova, o Museu de Arte Contemporânea de Serralves, o bloco Bonjour Tristesse em Berlim ou a Fundação Iberê Camargo em Porto Alegre, num trajeto reconhecido pelos mais importantes prémios de arquitetura a nível mundial: Pritzker, Mies van der Rohe, medalha Alvar Aalto e medalha de ouro da AIA.
 
Entre as maquetes intervencionadas pelo CCR, provenientes da Fundação Calouste Gulbenkian e do arquivo do atelier Álvaro Siza Vieira, encontram-se também projetos emblemáticos do arquiteto, tais como o plano de restauro da zona do Chiado ou a Igreja Paroquial do Marco de Canaveses. 
 
 
 
 
pt
25-09-2019

Lançamento da 2ª edição da Pós-graduação em Mercados e Coleções de Arte


Na passada sexta-feira, Armando Cabral e Maura Marvão estiveram na Escola das Artes, a discutir o tema "Coleções e Colecionadores: perspetivas do mercado", com moderação do Professor Alberto Castro (Católica Porto Business School).

A conversa marcou o lançamento da 2ª edição da pós-graduação em Mercados e Coleções de Arte.

Esta pós-graduação tenciona oferecer uma formação onde se aliem conhecimentos teóricos e práticos, cruzando uma base de conhecimentos de história da arte, com informação aprofundada sobre o mercado da arte e a criação de valores, o colecionismo e uma vertente prática alicerçada na observação de obras de arte do ponto de vista material e das questões relacionadas com a sua conservação.

Mais informações aqui

 

pt
23-09-2019

Novo número do CITAR Journal dedicado a narrativas marginalizadas

O novo número da CITAR (Revista de Ciência e Tecnologia das Artes) é dedicado àquilo que se designa como Narrativas Marginalizadas. É um número especial, reunindo estudos publicados por ocasião do 5º Colóquio Narrativa, Média e Cognição, focado precisamente nesse tema, e que teve lugar na Universidade do Algarve em Novembro de 2018.

Teve como editoras convidadas: Maria Guilhermina Castro (CITAR-UCP), Sandra Boto e Ana Soares (ambas CIAC-UAlg).

Consulta aqui


This issue of CITAR (Journal of Arts Science and Technology) is especially devoted to what we designated as Marginalized Narratives. It is a special issue that collects studies published upon the 5th Colloquium on Narrative, Medium and Cognition, held at the University of Algarve in November 2018, and which was focused on that topic.

The guest editors were: Maria Guilhermina Castro (CITAR-UCP), Sandra Boto e Ana Soares (both from CIAC-UAlg).


Read it here

 

 
 
pt
23-09-2019

Oportunidade de emprego: Produção Artística


 
Vista da exposição Julião Sarmento. Film Works · Foto: João Pereira 
 
 
A Escola das Artes procura um profissional experiente para a sua área de produção artística, exposições e eventos culturais. Essa posição deverá ter início até Dezembro 2019.
 
 
Principais funções:
  • Capacidade de planear, calendarizar e produzir projetos a curto, médio e longo prazo
  • Experiência no planeamento, orçamentação, concepção e montagem de exposições e eventos culturais.
  • Capacidade de acompanhamento e produção de projetos artísticos.
  • Comunicar e trabalhar em articulação com diferentes departamentos da Universidade católica portuguesa
  • Estabelecer contactos de produção e acompanhamento com artistas, cientistas, professores e publico em geral
  • Boa capacidade organização, pró-actividade, capacidade de trabalho em equipa
  • Conhecimentos de informática na ótica de utilizador (Ex: Microsoft Office).
 
Aceitam-se candidaturas através do envio de Carta de Motivação e Currículo Profissional para o email artes@porto.ucp.pt até dia 29 de Setembro. 
pt
19-09-2019

Pages