Escola das Artes é parceira do Fundo de Apoio ao Cinema 2021

 
Diogo Baldaia, com o filme Namorados a Penar Cantam Dormienti, foi o vencedor do Prémio Escola das Artes em 2020
 
A Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa volta a ser paceira do Fundo de Apoio ao Cinema 2021, promovido pela IndieLisboa – Associação Cultural. A EA irá atribuir um apoio financeiro ao projeto vencedor, juntamente com um conjunto de outras entidades: Digital Mix Música e Imagem, a Fundação GDA, The Yellow Color, e a Portugal Film – Agência Internacional de Cinema Português.
 
O Fundo de Apoio ao Cinema, criado em 2011, é uma iniciativa da IndieLisboa – Associação Cultural e tem como objectivo ser um instrumento complementar de apoio à pós-produção de filmes portugueses. As candidaturas estão abertas aqui. O prazo para candidaturas termina a 25 de junho e os projectos seleccionados serão comunicados aos próprios até 15 de julho.
 
Em 2020 Diogo Baldaia, com o filme Namorados a Penar Cantam Dormienti, foi o vencedor do Prémio Escola das Artes. Em edições anteriores foram apoiados projetos de Gabriel Abrantes, Catarina Mourão, André Santos e Marco Leão, Tiago Hespanha, Inês Oliveira, Miguel Nunes, Leonor Noivo, entre outros.
 
Esta iniciativa associa a Escola das Artes a um dos principais festivais portugueses e ao apoio à produção do cinema português.
 
Mais info aqui.
 

Cursos nesta área

 

 

pt
04-06-2021