Diogo Costa Amarante de novo na Berlinale

SEE ENGLISH BELOW

Luz de Presença, o novo filme de Diogo Costa Amarante, professor da EA e investigador do CITAR, foi selecionado para a Competição Oficial de curtas-metragens da Berlinale 2021. Recorde-se que da última vez que esteve no Festival de Cinema de Berlim, um dos mais importantes festivais mundiais ao lado de Cannes e Veneza, o professor da EA ganhou o prémio máximo para uma curta-metragem, o Urso de Ouro, com Cidade Pequena. Antes disso, já tinha estado na mesma competição com Rosas Brancas.

Diogo Costa Amarante recebeu o Urso de Ouro para melhor curta-metragem na Berlinale 2016

Luz de Presença passa-se numa noite chuvosa, quando um homem triste sai de casa para entregar uma carta. Pelo caminho, numa esquina, cruza-se com uma mulher que o avisa para ter atenção à estrada, que o piso está escorregadio. Fragilizado por um desgosto de amor, Gonçalo cai da sua mota. O filme foi produzido pela produtora do realizador O Verde do Jardim e conta com a participação de, entre outros, Luís Miguel Cintra.

 

Trailer

Cursos nesta área

    


A Present Light, the new film of Diogo Costa Amarante, professor at the School of Arts and researcher at CITAR, was selected to the official competitition at Berlinale Shorts 2021. The last time the director was in the Berlinale, one of the most important international festivals along Cannesand Venice, the SoA's professor won the Golden Bear for Small Town, in 2016. Before that he had already been part of the competition with White Roses. 
 

A Present Light takes place on a rainy night, when a sad man leaves his home to deliver a letter to someone who recently left him. At a corner, he meets a woman who warns him about the slippery road. Suffering from a heartbreak, Gonçalo falls from his motorbike. 

09-02-2021