Há ouro em todo o lado · Seminário

05.04.2022 14:00 — 05.04.2022 20:30
Auditório Ilídio Pinho | Edifício das Artes / Arts Building | Campus Foz

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

05.04.2022 14:00 05.04.2022 20:30 Há ouro em todo o lado · Seminário Link: https:///pt/central-eventos/ha-ouro-todo-lado-seminario

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto | Campus Foz | Auditório Ilídio Pinho

Há ouro em todo o lado · Jaime Fernandes, António Reis e Margarida Cordeiro

5 ABR · 14h - 20h30 · Auditório Ilídio Pinho
Seminário com entrada gratuita
Inscrições aqui

 

O trabalho de desenho de Jaime Fernandes – que esteve internado durante muitos anos no Hospital Miguel Bombarda – é de uma beleza extraordinária. Integrado no movimento da arte bruta, este trabalho continua a surpreender, como agora na retrospetiva integral feita pelo Centro de Arte da Oliva. Estes desenhos encantaram duas pessoas: António Reis e Margarida Cordeiro (à data, médica do hospital).
Este é um pretexto para cruzar, num seminário, o pensamento das duas obras – a de Jaime Fernandes e a de António Reis / Margarida Cordeiro –, também tendo em conta que o restauro dos desenhos que estão agora em exposição foi feito no Centro de Conservação e Restauro da Escola das Artes. A partir da prática do restauro e da análise a estes desenhos, suscitamos também o pensamento sobre o trabalho prodigioso – e com profundas marcas no cinema português contemporâneo – de António Reis e Margarida Cordeiro, convocando uma série de investigadores para discutir a sua obra.
Este seminário pretende, portanto, fazer emergir o “ouro em todo o lado”, expressão que Maria Filomena Molder utiliza para caracterizar Jaime, a obra de António Reis sobre Jaime Fernandes, e por consequência sobre a própria obra do artista. 

Em paralelo, o seminário começará e acabará com a projeção de filmes da dupla: primeiro com Jaime e depois com Trás-os-Montes, em cópias digitais restauradas pelo ANIM (Arquivo Nacional das Imagens em Movimento), da Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema.

 

Gravação do seminário
 
 
“Há ouro em todo o lado” · Jaime Fernandes, António Reis e Margarida Cordeiro · Seminário
Programa final
 
14h00 
[Projeção]
Jaime
António Reis, 1974, 35’
 
seguido de
Morrer como um retrato · Análise e conservação dos desenhos de Jaime Fernandes
Joana Guerreiro (Universidade Católica Portuguesa)
 
15h00
[Conferência]
Cântico dos Adolescentes para Fotografias Obscuras
Maria Filomena Molder (Universidade Nova de Lisboa)
 
16h00
Coffee Break
 
16h15
[Painel #1]
Para uma história material do cinema de Reis/Cordeiro
Tiago Baptista (Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema)
 
O Museu da Imagem e do Som (e dos afetos)
Paulo Cunha (Universidade da Beira Interior)
 
«até as sombras se alongarem»
José Bogalheiro (Escola Superior de Teatro e Cinema)
 
17h30 
[Painel #2]
A realidade da paisagem. Sobre António Reis e Margarida Cordeiro.
Nuno Crespo (Universidade Católica Portuguesa)
 
Como o sol, como a noite, como a vontade de comer 
Golgona Anghel (Universidade Nova de Lisboa)
 
18h30
[Projeção]
Trás-os-Montes
António Reis/Margarida Cordeiro, 1976, 111’