Generative Art Seminar

26.05.2022 17:00 — 26.05.2022 20:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

26.05.2022 17:00 26.05.2022 20:00 Generative Art Seminar Link: https:///pt/central-eventos/generative-art-seminar

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto
Generative Art Seminar
26 MAI
17h-20h
Fundação de Serralves

Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete

 

 

Tradicionalmente, o mercado de arte é considerado exclusivo e de difícil acesso. A tendência recente para os NFTs (non-fungible token) abriu o mercado da arte e admitiu incluir agentes fora da tradicional cena artística, mas envolvendo investimentos avultados. Esta transformação do mercado já foi reconhecida pelos principais agentes, colecionadores e instituições como as leiloritas Phillips, Sotheby's ou Christie's que colocaram os NFTs no portfólio de obras que apresentam aos seus clientes. Só no último ano, o volume de transações em mercados e coleções de arte associados a contratos inteligentes NFT ultrapassou os 40 biliões de dólares em criptomoedas.  
 
Os NFTs de arte generativa são os que mais têm captado a atenção dos investidores e têm sido negociados por centenas de milhares de dólares. 
 
Mas o que é exatamente a arte generativa? Como se articula com NFTs?  O que significa esta tendência para o mercado de arte? Haverá uma adoção em massa dos NFT pelo mercado, museus e curadores ou, pelo contrário, sofrerão uma rejeição a longo prazo? 
 
No dia 26 de maio, o Generative Art Seminar será um espaço para discutir essas questões com a presença de um painel de peritos em arte generativa e NFTs que inclui artistas, cientistas, curadores, leiloeiros e colecionadores. Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete na Fundação de Serralves.
 
Programa
 
Quinta-feira, 26 de maio
17h-20h
Fundação de Serralves

 
History of Generative Art Lecture
Com Sofia Garcia
 
Generative Artist Panel
Com Sofia Garcia, Marcelo Rodriguez-Soria, William Mapan, Iskra Velitchkova, Monica Rizzolli 
 
The Art Market

Com Benjamin Kandler

 

The Kiss but bird II by Iskra Velitchkova

 

Tibouchina mutabilis, origin (2021), Monica Rizzolli
 

NOTAS BIOGRÁFICAS

Sofia Garcia

 

Ao longo dos últimos 6 anos, Sofia Garcia tornou-se uma referência no espaço da Arte Generativa como curadora, conselheira e construtora de comunidades. Sofia foi homenageada com o 40 Under 40 in Art + Tech da Apollo Magazine | Negócios como fundadora da ARTXCODE, uma casa de arte generativa. Atualmente, ela faz parte do conselho de curadoria da Art Blocks e também é conselheira da empresa. Ela trabalhou anteriormente na Onyx da J.P. Morgan como estrategista de design técnico de blockchain e como Diretora de Educação de Código/Arte, uma organização sem fins lucrativos focada em ensinar meninas a fazer arte com código.

Marcelo Rodriguez-Soria (website)

 

Marcelo Soria-Rodríguez é artista e estrategista. Ele está interessado em toda a gama de possibilidades que um determinado sistema pode cobrir e interagir. O papel dos avanços tecnológicos nessa relação com a sociedade tem sido o foco de seu trabalho em inovação e estratégia em um punhado de empresas, desde pequenas startups até grandes multinacionais financeiras. Ele lançou coleções de arte generativa aclamadas pela crítica em FxHash.xyz e Art Blocks Curated series 6. Ele cofundou uma prática global de dados no BBVA, uma empresa financeira global, onde liderou as atividades de estratégia de dados. Ele cofundou a Databeers, um movimento informal de alfabetização de dados presente em 10 países, e foi consultor, mentor e investidor em várias startups tecnológicas. Ele estudou Engenharia de Telecomunicações e Processamento de Sinais. Ele escreve ocasionalmente no seu site pessoal, iillucid.com, sobre arte, estratégia e pensamentos aleatórios sobre esses tópicos.

William Mapan (sobre o artista)

  William Mapan é um artista, programador e professor baseado em Paris, França. Ele trabalha principalmente com computadores e código, mas a sua curiosidade leva-o a explorar uma ampla gama de diferentes médias e técnicas.
 

 

Iskra Velitchkova (website)

 
Iskra Velitchkova (n.1988) é uma artista búlgara autodidata que vive atualmente em Madrid. O seu trabalho explora as interações presentes e potenciais entre humanos e máquinas e como, em vez de tornar a tecnologia mais humana, essa relação pode nos levar a entender melhor os nossos limites. Ela acredita que as raízes e a tradição podem nutrir o seu trabalho com maior verdade. Reunindo as suas origens balcânicas com a influência que a cultura mediterrânea teve sobre ela ao longo da sua vida, ela usa esse contexto para construir seu trabalho. Após um histórico comprovado na indústria de tecnologia e inteligência artificial como pensadora visual, Iskra decidiu aplicar o seu conhecimento e experiência ao serviço da sua própria pesquisa. O seu trabalho é baseado em técnicas mistas: ela explora novos médias combinando formatos digitais e natureza física. Ela usa tecnologia generativa, redes neurais artificiais, artes plásticas, plota em tela e brinca com argila.

Monica Rizzolli (sobre a artista)

 

Monica Rizzolli lançou em 2021 duas séries de NFTs: “Tropical Garden” (em múltiplas plataformas) e a obra gerativa “Fragments of an Infinite Field” (Art Blocks). Já expos nos Estados Unidos (MAK Center’s Artists and Architects, LA), Brasil, Alemanha, China, e Espanha. Ganhou a bolsa MAK Schindler Scholarship (MAK Vienna) e Sweet Home (Hablarenarte, Madrid). É designer de superfície no estúdio Contrast e type designer na Just in Type. Ela desenhou a fonte Tomorrow, disponível gratuitamente no Google Fonts, e organizou projetos como a “Noite de Processing”, encontro mensal sobre arte e programação, no Garoa Hacker Clube, desde 2016, e o “Processing Community Day Brasil”. Nascida em São Carlos, Rizzolli estudou na IA-UNESP (Artes Plásticas, São Paulo, Brazil) and the Kunsthochschule Kassel (Desenho, Kassel, Alemanha). Atualmente vive e trabalha no Monte Bruel, Portugal.

 

Benjamin Kandler

 

Benjamin Kandler, assistente de Vendas Privadas da Phillips e Coordenador de NFT. Ele é licenciado em História da Arte pela Goldsmiths, University of London. Benjamin acredita que a História da Arte é para muitos e não para poucos e tem trabalhado com artistas, estudantes e o ARTiculation Prize para aumentar a participação na História da Arte como disciplina e nas artes em geral como área.


Organização: 

André Baltazar (CITAR / CCD - Escola das Artes - Universidade Católica Portuguesa)
Benjamin Chandler (Phillips)
Maura Marvão (Phillips)
Nuno Crespo (CITAR / CCD - Escola das Artes - Universidade Católica Portuguesa)
Sofia Garcia (ARTEXCODE)

Uma organização Escola das Artes, CITAR e CCD em parceria com Fundação de Serralves e Phillips.