Aula Aberta · Jessica Sarah Rinland

19.05.2022 18:30
Auditório Ilídio Pinho | Edifício das Artes / Arts Building | Campus Foz

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

19.05.2022 18:30 Aula Aberta · Jessica Sarah Rinland Link: https:///pt/central-eventos/aula-aberta-jessica-sarah-rinland

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto | Campus Foz | Auditório Ilídio Pinho

Aulas abertas 2022

Jessica Sarah Rinland · Moving a Still Artifact 

19 MAI · 18H30

Conferência aberta ao público


 

A sexta sessão do ciclo 2022 de Aulas Abertas decorre no dia 19 de maio, às 18h30, no Auditório Ilídio Pinho. A convidada é Jessica Sarah Rinland.

O tema da sessão será Moving a Still Artifact.

O programa das Aulas Abertas 2022 da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa no Porto integra artistas, investigadores e ativistas de áreas e contextos distintos. Os encontros têm como objetivo contribuir para os debates contemporâneos que circundam as práticas artísticas e o pensamento crítico. 

As Aulas Abertas são de entrada gratuita e realizar-se-ão no Auditório Ilídio Pinho todas as quintas-feiras (18h30), entre fevereiro e maio de 2022, na Escola das Artes, Universidade Católica Portuguesa. No dia 26 de maio a aula aberta será com Marinho de Pina.
 

BIO

Os trabalhos de Jessica Sarah Rinland (Argentina/Reino Unido) foram exibidos internacionalmente em diversos festivais: Locarno Film Festival, Viennale, Toronto Film Festival, New York Film Festival, Mar del Plata, BFI London Film Festival, Rotterdam, Oberhausen, Cinema du Reel, National Gallery Singapore, Tabakalera, Union Docs, Taipei Biennial (2020), University of Tennessee Downtown Gallery (2021), Somerset House (2016) e Bloomberg New Contemporaries (2011).
Ganhou diversos prémios como Menção Especial no Locarno Film Festival, Melhor Filme na DocumentaMadrid (Those That, at a Distance, Resemble Another, 2019), Primer Premio na Bienale de Imagen en Movimiento (Black Pond, 2018), Arts + Science Award no Ann Arbor Film Festival (2014), ICA’s Best Experimental Film no LSFF (2013), e M.I.T’s Schnitzer prize for excellence in the arts (2017).  
Realizou residências em instituições como Film Studies Center da Harvard University, Somerset House Studios, Flaherty Seminar Fellow, MacDowell e Ikusmira Berriak.
Atualmente é professora visitante no Wellesley College e no Elías Querejeta Zine Eskola. Já atuou na Kingston University e no Barbican Centre.

É bacharel em Belas Artes pela Central Saint Martins, University of the Arts London e mestre em Artes, Cultura e Tecnologia pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT).