Clarence Barlow

ENGLISH

13 MAY · 18H30 · Clarence Barlow
Música Derivada a partir do Visual / O Visual Derivado a partir da Música

Moderador · Henrique Portovedo

 


O som da música pode ser ligado com o visual de variadas maneiras, duas delas baseadas em considerações técnicas ou estéticas. Clarence Barlow há muito que tem sido fascinado pelas ligações som-imagem que envolvem Posição, Movimento e Cor, três aspetos musicais que também são espaciais e, em última análise, visuais: textos sobre música incluem termos como "alto/baixo", "rápido/lento" bem como "claro/escuro" e "som-cor". Nesta aula aberta estéticos (syn-)estéticos serão ilustrados a partir do trabalho de várias décadas do artista.


BIO
Clarence Barlow nasceu em 1945 numa minoria de língua inglesa em Calcutta, onde frequentou a escola e a universidade, estudou piano e teoria musical, começou a compor música em 1957 e recebeu grau científico em 1965. Depois de atividades como pianisto, maestro e professor de teoria musical, mudou-se em 1968 para Colónia, onde estudou composição e música eletrónica até 1973, tendo também estudado sonologia na Utrecht University entre 1971-1972. O seu uso do computador como apoio na composição data de 1971. Entre 1982-1994 foi responsável de computer music na Bienal Darmstadt New Music Summer Courses e entre 1984-2005 professor em computer music na Cologne Music University. Entre 1990-1991 foi professor visitante de composição na Folkwang University Essen, entre 1990-94 diretor artístico do Institute of Sonology do Royal Conservatory The Hague, onde entre 1994-2006 foi professor de composição e sonologia. Entre 1994-2010 foi membro da International Academy of Electroacoustic Music em Bourges. Entre 2005-2006 foi professor convidado de composição na ESMAE no Porto. Entre 2006-2019 foi Corwin Chair de Composição no Departamento de Música, University of California em Santa Barbara. Desde 2018 tem sido professor visitante da Catalonia College of Music ESMUC em Barcelona onde vive atualmente.

website