Cláudia Martinho

ENGLISH

25 MAR · 18H30 · Cláudia Martinho
Ambientes Ressonantes — Arquitectura, Lugares e Ecossistemas

Moderador · Vasco Carvalho


Na sua prática, tem investigado e experimentado com o potencial para transformação psico-sensorial do som ambiental, particularmente quando amplificados em espacialização geométrica, em ressonância acústica com a arquitetura. Nesta aula aberta, irá apresentar projetos de instalações sonoras imersivas que procuram modular ambientes e expandir a perceção de lugares e ecossistemas. Os processos criativos envolvem gravações localizadas multi-canal e a transdução do intangível em experiências sonoras corporificadas.

Estas experiências resultam de formas de sensibilização para ativar e extender modos de audição, para sintonização sensorial e reconexão dos seres humanos com os seus envolventes.


BIO

Cláudia Martinho é uma investigadora, arquiteta e artista sonora. Doutorada em Música – Arte Sonora (Goldsmiths, University of London, 2019), mestre em Acústica Arquitetónica e Urbana (Sorbonne Université, 2007) e licenciada em Arquitetura (FAUP, 2001). É investigadora integrada do projeto “Audire – Audio Repositório: guardar memórias sonoras”, financiado pela FCT, no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho. A sua prática envolve arte sonora, arquitetura aural, ecologia acústica, arqueologia acústica e animismo. Os seus interesses de investigação incluem ecologia acústica, som e espaço, field recording, arte sonora, práticas experimentais, educação criativa. As suas experiências incluem instalações sonoras, performances e workshops, como incentivos para modos de audição ativos e conscientes, para o desenvolvimento integral dos seres humanos. O seu trabalho tem sido partilhado em contextos artísticos e académicos tais como o MAAT (Lisboa), ‘Noite Branca Braga’, gnration (Braga) ‘Invisible Places: Sound, Urbanism and Sense of Place’ symposium (Azores), ‘Lisboa Soa – sound art, urbanism and auditory culture’ (Lisbon), ‘Archaeoacoustics III International Conference’ (Tomar), ‘Tuned City – between sound and space speculations’ (Berlin). Ela é co-editora da antologia ‘Site of Sound: of Architecture and the Ear – Vol. 2’. Como membro fundadora do coletivo Rural Vivo, ela tem incentivado atividades artísticas, educativas e ecológicas na Serra do Gerês, uma Reserva da Biosfera UNESCO. 

website