Há ouro em todo o lado

Mais Informações

PROGRAMA
 
14h00 
Projeção
Jaime
de António Reis
Portugal, 1974, 35’
+
Morrer como um retrato · Análise e conservação dos desenhos de Jaime Fernandes
Joana Guerreiro (Universidade Católica Portuguesa)

15h00
Conferência
Cântico dos Adolescentes para Fotografias Obscuras
Maria Filomena Molder (Universidade Nova de Lisboa)

16h00
Coffee Break

16h15
Painel #1
Para uma história material do cinema de Reis/Cordeiro
Tiago Baptista (Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema)
+
O Museu da Imagem e do Som (e dos afetos)
Paulo Cunha (Universidade da Beira Interior)
+
«até as sombras se alongarem»
José Bogalheiro (Escola Superior de Teatro e Cinema)

17h30
Painel #2
A realidade da paisagem. Sobre António Reis e Margarida Cordeiro
Nuno Crespo (Universidade Católica Portuguesa)
+
Como o sol, como a noite, como a vontade de comer
Golgona Anghel (Universidade Nova de Lisboa)

18h30
Projeção
Trás-os-Montes
de António Reis e Margarida Cordeiro
Portugal, 1976, 111'

05 ABR 2022, 14h00 | AUDITÓRIO ILÍDIO PINHO

O trabalho de desenho de Jaime Fernandes – que esteve internado durante muitos anos no Hospital Miguel Bombarda – é de uma beleza extraordinária. Integrado no movimento da arte bruta, este trabalho continua a surpreender, como agora na retrospetiva integral feita pelo Centro de Arte da Oliva. Estes desenhos encantaram duas pessoas: António Reis e Margarida Cordeiro (à data, médica do hospital).
Este é um pretexto para cruzar, num seminário, o pensamento das duas obras – a de Jaime Fernandes e a de António Reis / Margarida Cordeiro –, também tendo em conta que o restauro dos desenhos que estão agora em exposição foi feito no Centro de Conservação e Restauro da Escola das Artes. A partir da prática do restauro e da análise a estes desenhos, suscitamos também o pensamento sobre o trabalho prodigioso – e com profundas marcas no cinema português contemporâneo – de António Reis e Margarida Cordeiro, convocando uma série de investigadores para discutir a sua obra.
Este seminário pretende, portanto, fazer emergir o “ouro em todo o lado”, expressão que Maria Filomena Molder utiliza para caracterizar Jaime, a obra de António Reis sobre Jaime Fernandes, e por consequência sobre a própria obra do artista. 
Em paralelo, o seminário começará e acabará com a projeção de filmes da dupla: primeiro com Jaime e depois com Trás-os-Montes, em cópias digitais restauradas pelo ANIM (Arquivo Nacional das Imagens em Movimento), da Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema.

Related Events

17
Nov
09:45

Agenda

Nov

17
  • Arte, Conservação e Restauro
  • CCD
  • CCR
  • CITAR
  • Conferências
  • Fotografia
  • Homepage
  • Mestrado em Gestão de Indústrias Criativas
  • New Media Art
  • Sound Art & Design