Pós-graduação em Mercados e Coleções de Arte: Conhece algumas das características que a distinguem

 
Estão já abertas as candidaturas para a 3ª edição da Pós-graduação em Mercados e Coleções de Arte.
 
Esta oferta formativa da Escola das Artes, em parceria com a Fundação de Serralves e a Leiloeira Phillips, cruza uma base de conhecimentos de história da arte, com informação aprofundada sobre o mercado da arte e a criação de valor, o colecionismo, bem como uma vertente prática alicerçada na observação de obras de arte do ponto de vista material e das questões relacionadas com a sua conservação.
 
Para lá da experiência dos diversos especialistas que compõem o corpo docente, o curso prevê ainda a participação de convidados nacionais e internacionais para seminários e conferências especializadas e a realização de visitas, nomeadamente a coleções nacionais de relevo, galerias, ateliers de artistas, bem como a feiras de arte em Londres ou Madrid.
 
A título de exemplo, durante a passada edição a Pós-graduação acolheu conferências de Júlia Lima e Camila Yunes, curadoras independentes no Brasil, do programador cultural Guilherme Blanc, da curadora e fundadora do projeto REDE ART AGENCY Verónica de Melo, de Filipe Costa Leite, colecionador privado e gestor de um fundo de arte internacional, ou de Lucrécia e Roberto Vinhaes, colecionadores e fundadores do Prémio PIPA.
 
O programa de visitas, com acompanhamento personalizado e institucional, incluiu passagens pela Fundação de Serralves, Galeria Nuno Centeno, Palácio do Correio Velho, Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Coleção privada de Armando Cabral e ainda pelos ateliers das artistas Vera Mota, Fátima Santos e Luisa Mota.
 
De maior destaque é ainda a visita à Arco Madrid, com acesso ao programa VIP, contextualizada adicionalmente por uma conferência, também em Madrid, de Julieta Rafecas sobre turismo cultural, colecionismo e art services, e ligações entre colecionadores, feiras de arte e museus.