Performance do projeto Máxima Intrínseca no Planetário do Porto: um dos artistas é aluno da EA

 

Francisco Antão, aluno da especialização em design de som do Mestrado em Som e Imagem, apresentará uma performance na cúpula do Planetário do Porto nos próximos dias 6 e 13 de Dezembro, em conjunto com Mariana Vitória, membro do Colectivo Berru, recentemente galardoado com o Prémio Sonae Media Art 2019

A performance propõe uma exploração e manipulação de mecanismos de percepção visual e auditiva, com suporte nas propriedades físicas do espaço da cúpula, e é parte do projeto de criação de performances nos campos do áudio e do visual Máxima Intríseca, do colectivo OLEC.