Doutorando da Escola das Artes apresenta obra artística na sede da NATO


 
No âmbito do NATO Arts Programme, o artista João Martinho Moura, doutorando na Escola das Artes, inaugurou uma exposição de new media art na sede da NATO. 
 
Este programa acontece no contexto da iniciativa de Arte e Ciência da UE STARTS. Patente durante o próximo mês, “Wide/Side” é uma obra interativa que assume múltiplas formas de acordo com o ambiente envolvente, respondendo aos movimentos e gestos dos visitantes e ligando formas e ações no tempo. 
 
A obra foi inaugurada pela vice secretária-geral da NATO, Rose Gottemoeller. Num momento posterior, a performer Sónia Cunha (Balleteatro, Porto) ativou a obra a partir de uma coregrafia de Né Barros e ao som de Martinho Moura.
 
O convite surgiu em 2018 e João Martinho Moura desenvolveu uma versão específica a partir da obra que criara em 2015. No edifício “Central Agora”, a obra foi instalada num ponto de passagem onde se cruzam delegados de vários países. 
 
Nesta versão, o artista reforçou a ligação temporal entre os vários participantes: os desenhos e formas produzidos pelos movimentos de um participante permanecem no tempo, em transformação, até que outro participante interaja com a peça, criando uma união visual de formas humanas relativas a diferentes momentos.
 
A interação foi desenvolvida a partir de embodiment, área da sua investigação no âmbito do doutoramento na Escola das Artes da Universidade Católica.