Convidados AE janeiro > Mestrados em Fotografia e Som e Imagem e da Pós-graduação em Arte Cinemática

 
Convidados janeiro EA: 
Mestrados em Fotografia e Som e Imagem e da Pós-graduação em Arte Cinemática
 
Durante janeiro foram vários os convidados dos cursos da Escola das Artes.
Os realizadores João Salaviza e João Canijo acompanharam o desenvolvimento dos projetos dos alunos do Mestrado em Som e Imagem – Especialização em Cinema Audiovisual. 
 
"Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos", o último filme de João Salviza e de Renée Nader Messora, tem estreia marcada nas salas para 14 de março, depois de ter recebido o Prémio Especial do Júri da secção "Un Certain Regard" do Festival de Cannes. Antes disso, João Salaviza já tinha recebido a Palma de Ouro para curta-metragem com "Arena" (2009) no Festival de Cannes e o Urso de Ouro para curta-metragem com "Rafa" (2012) na Berlinale Shorts. João Canijo é conhecido por filmes como "Sangue do Meu Sangue"(2011), que foi o filme português seleccionado para concorrer ao Óscar de Melhor Filme, ou "Fátima"(2017), que passou na RTP1 em 5 episódios.
 
Em janeiro, os alunos do Mestrado em Fotografia  discutiram os seus projetos com o curador
Sérgio Mah e o fotógrafo Paula Catrica. Em 2011, Sérgio Mah foi o Comissário da Representação Oficial Portuguesa à 54ª Bienal de Veneza e em 2018 voltou a Veneza para a Bienal de Arquitetura, onde partilhou a curadoria da representação oficial portuguesa com o arquiteto Nuno Brandão Costa. Nos últimos anos organizou várias exposições individuais e coletivas, que incluíram artistas como Jeff Wall, Hiroshi Sugimoto, Walid Raad e Michael Snow. Paulo Catrica foi nomeado para o prémio BES Photo em 2005, no contexto do qual expôs no Centro Cultural de Belém em Janeiro/Março de 2006. Tem obras em diversas coleções de arte privadas em Portugal e no estrangeiro.
 
Salomé Lamas é a artista que tem acompanhado as tutorias da Pós-graduação em Arte Cinemática. Autora de filmes como "Eldorado XXI" (2016) ou "Terra de Ninguém"(2012), Salomé Lamas já mostrou o seu trabalho em espaços museológicos como o Museu de Serralves ou a Culturgest Porto.
 
O convite a artistas, realizadores, curadores e investigadores é lançado para oferecer aos alunos da Escola das Artes a oportunidade de desenvolverem os seus projetos em contacto com algumas das figuras mais importantes das áreas em que trabalham.