Um Milagre todos os dias | Documentário de Henrique Manuel Pereira

05.05.2018 21:30
Auditório Ilídio Pinho

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

05.05.2018 21:30 Um Milagre todos os dias | Documentário de Henrique Manuel Pereira Link: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/um-milagre-todos-os-dias-documentario-henrique-manuel-pereira

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto | Auditório Ilídio Pinho

A Universidade Católica no Porto apresenta “Um Milagre Todos os Dias”, longa-metragem de documentário realizada por Henrique Manuel Pereira e produzida pela Escola das Artes.

“Um Milagre Todos os Dias” gira em torno da vida do Lar das Irmãzinhas dos Pobres, do Pinheiro Manso, e conta com mais de três dezenas de depoimentos de residentes, funcionários, religiosas, voluntários e benfeitores. Com manifestações de humor e de solidão, de força e de fragilidade, de abnegada dedicação e criativo serviço, tendo por horizonte a “última estação da vida”, o filme configura um retrato realista do pulsar da vida daquela que é uma das instituições mais apreciadas e estimadas da cidade do Porto. Na expressão de Henrique Manuel Pereira, realizador do filme, “todos os dias ali acontecem milagres ou, de outro modo, sinais do Infinito no tempo”. Fundadas por Santa Joana Jugan, as Irmãzinhas dos Pobres chegaram ao Porto no remoto ano de 1895, inaugurando a sua casa do Pinheiro Manso em maio de 1900. Aquando da implantação da República e no quadro da expulsão das Ordens Religiosas, graças à cumplicidade da cidade do Porto e arredores, as Irmãzinhas dos Pobres foram a única instituição religiosa a permanecer, podendo assim continuar o seu extraordinário serviço em favor das pessoas idosas mais desfavorecidas.

A estreia de “Um Milagre Todos os Dias”, terceira longa-metragem de Henrique Manuel Pereira, acontece a 5 de maio, às 21h30, no auditório Ilídio Pinho da Católica do Porto, com entrada livre.