Não Consegues Criar O Mundo Duas Vezes (2017) · Francisco Noronha e Catarina David

30.10.2019 18:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

30.10.2019 18:00 Não Consegues Criar O Mundo Duas Vezes (2017) · Francisco Noronha e Catarina David Link: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/nao-consegues-criar-mundo-duas-vezes-2017-francisco-noronha-e-catarina-david

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto
 
30 OUT · 18h · Auditório Ilídio Pinho
Não Consegues Criar O Mundo Duas Vezes (2017) de Francisco Noronha e Catarina David
 
Eram os anos 90 e uma série de miúdos passava as manhãs a ouvir Mobb Deep, Wu-Tang Clan, Cypress Hill ou De La Soul, e as tardes a construir as suas próprias batidas. Assim nasceu o movimento do hip hop português. Não Consegues Criar O Mundo Duas Vezes de Catarina David e Francisco Noronha (crítico musical do jornal Público) centra-se no eixo Porto-Gaia e organiza um monumental documento sobre um período marcante da música nacional. Para isso convocaram pioneiros como os Mind da Gap ou os Dealema, que recordam uma época em que a amizade gerava criatividade, e vice-versa.
 
Francisco Noronha, licenciado e mestre em Direito pela FDUP, é realizador e crítico de cinema e de música. Realizou e co-realizou, respectivamente, os filmes "O Despiste” (2019) e “Não Consegues Criar O Mundo Duas Vezes” (2017), exibidos em festivais portugueses e internacionais. Colabora com diversas organizações na área da programação e crítica de cinema.
 
Catarina David (Porto, 1983) cresceu rodeada de estúdios de televisão e de salas de cinema. Teve uma educação em Artes, e completou o mestrado em Direção de Fotografia na Universidade Católica do Porto. Apaixonada pelo cinema e fotografia e gosta de todo o tipo de música, interessando particularmente o hip-hop juntando-se a Francisco Noronha na realização do seu primeiro filme, sobre a história do rap no Porto.
 
--
 
Ciclo de Cinema
Porto, Periferia
 
A partir de uma proposta da Escola das Artes no âmbito da exposição GUIDO GUIDI / CAÇADOR DE SOMBRAS, o Cineclube EA apresenta o ciclo "Porto, Periferia", que se estenderá por 3 sessões, contando com a presença dos diversos autores.
 
Organização: Associação de Estudantes da Escola das Artes

Guido Guidi · Caçador de Sombras: Viagem aos limites do Porto

 
Organização 
 
Apoios
Câmara Municipal do Porto (Programa de Apoio à Criação Artística CRIATÓRIO)
EAUM
 
Agradecimentos
Paulo Catrica, Matilde Seabra, Álvaro Domingues, Alexandre Inglês, Pedro Bandeira, José Aurélio, Marta Guidi, Mariano Sartore, Victor Guedes, Carlos Lobo, The Worst Tour of Porto.