Arte & Ecologia · Dismorfia e Opacidade · Jonathan Uliel Saldanha

11.04.2019 18:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

11.04.2019 18:00 Arte & Ecologia · Dismorfia e Opacidade · Jonathan Uliel Saldanha Link: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/arte-ecologia-dismorfia-e-opacidade-jonathan-uliel-saldanha

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto
Arte & Ecologia
Aulas Abertas
Auditório Ilídio Pinho · 18H
 
 
Imagem: Jonathan Uliel Saldanha / Ricardo Megre 
 
11 ABR | Dismorfia e Opacidade
Jonathan Uliel Saldanha (artista) 
Álvaro Balsas (filósofo)
Pedro Monteiro (maestro)
 

No seguimento da performance SCOTOMA CINTILANTE e da exposição DISMORFIA, Jonathan Uliel Saldanha apresenta as diferentes fases do processo criativo com dois dos intervenientes no projeto: o filósofo da Faculdade de Filosofia da Universidade Católica de Braga Álvaro Balsas, que apoiou Jonathan na pesquisa teórica e conceptual que está na base da peça, e o professor da EA Pedro Monteiro, que trabalhou no desenvolvimento do mecanismo de refração coral e orientou o coro Ver Pela Arte na performance-concerto.
 

JONATHAN ULIEL SALDANHA
Jonathan Uliel Saldanha é um construtor sónico e cénico que trabalha na intereceção do som, do gesto, do palco e do filme. É fundador do coletivo SOOPA, co-fundador da editora SILORUMOR, uma das partes do duo FUJAKO e diretor dos HHY & The Macumbas. Em novembro estreou a peça SØMA na Culturgest Lisboa, e em 2017 as instalações de vídeo e som AFASIA TÁTICA, na Culturgest Porto, e ANOXIA, na Bienal Ano Zero em Coimbra. Co-criador das peças de palco BOCA MURALHA, SHARK, REI TRILOGY e encenador das peças JUNGLE MACHINE, KHORUS ANIMA, O POÇO e OXIDATION MACHINE apresentadas em espaços como o Museu de Serralves, o Accès(s) Festival, o Teatro Municipal Rivoli e o Palais de Tokyo, Paris.

ÁLVARO BALSAS
Álvaro Balsas é Professor Auxiliar na Universidade Católica Portuguesa (UCP), onde concluiu o Doutoramento em Filosofia da Ciência (2010). Obteve a Licenciatura e Mestrado em Física, respectivamente, na Universidade de Coimbra (1987) e na Universidade de Aveiro (1991). Publicou 22 artigos em revistas especializadas e 2 trabalhos em actas de eventos, possui 3 livros e 2 capítulos de livros publicados, sendo editor e co-editor de 16 livros. Possui 46 itens de produção técnica. Actua nas áreas de Humanidades, com ênfase em Filosofia, Ética e Religião, e de Ciências Exactas, com ênfase em Física. Nas suas actividades profissionais interagiu com 41 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. É Director Adjunto da Revista Portuguesa de Filosofia e investigador do CEFH da UCP. As suas áreas de investigação são os Fundamentos da Mecânica Quântica (particularmente, interpretação da teoria, EPR, desigualdades CHSH, de Bell e de Tsirelson, realismo local), Física da Matéria Condensada, Filosofia da Natureza (particularmente, processos causais e sistemas complexos), Filosofia da Ciência e Ciência e Religião.

PEDRO MONTEIRO
Concluiu a sua licenciatura em Música Sacra na Escola das Artes da UCP – Porto, com Martin Bernreuther, Giampaolo di Rosa (Órgão), Eugénio Amorim, Jorge Matta e Cesário Costa (Direcção). Doutorou-se, summa cum laude, em Ciência e Tecnologia das Artes pela UCP-Porto. Detém o Diploma de “Suficiência Investigadora” em Musicologia da Universidade de Valladolid (Espanha). Frequentou os estudos em Órgão de concerto – na Escola Superior de Música Sacra de Regensburg (Alemanha). É docente na EA da UCP – Porto e no Departamento de Música da UM, colaborador regular da ESMAE, coordenador do Mestrado em Direção de Coro na USJ (Macau) e da Pós-graduação em Música Sacra da UCP-Porto e ainda investigador no Centro de Investigação em Ciências e Tecnologia das Artes (CITAR). É maestro e diretor artístico do EAnsemble, do Ensemble Moderno do Porto e do Coro da UCP-Porto. Desenvolve atividade concertista regular, nacional e internacional, em Direção e Órgão, com estreias modernas e absolutas, e gravações de obras recentes.
 
_ _ _ 
 
Todo o programa "Arte & Ecologia" > AQUI