Arte & Ciência | Warren Neidich · Telepathic Exaptation in Late Cognitive Capitalism (EVENTO ADIADO)

16.04.2020 18:30
Auditório Ilídio Pinho | Edifício das Artes / Arts Building

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

16.04.2020 18:30 Arte & Ciência | Warren Neidich · Telepathic Exaptation in Late Cognitive Capitalism (EVENTO ADIADO) Link: http:///pt/central-eventos/arte-ciencia-warren-neidich-telepathic-exaptation-late-cognitive-capitalism-evento

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto | Auditório Ilídio Pinho

 

Arte & Ciência | Warren Neidich · Telepathic Exaptation in Late Cognitive Capitalism
Auditório Ilídio Pinho
16 ABR · 18H30
ENTRADA LIVRE
 
Partiremos do princípio de que as novas formações tecnológicas, sociais, políticas e económicas que definem o capitalismo cognitivo vão ter repercussões dramáticas na arquitetura neurológica do cérebro humano, traduzindo-se em capacidades mentais latentes, tanto boas quanto más, ainda por exprimir. Por exemplo, toda uma série de psicopatologias, como o transtorno do déficit de atenção, a hiperatividade ou o ataque de pânico surgiram nos últimos cinquenta anos. A partir de uma abordagem de desenvolvimento e filogenética que remonta à história profunda, pretende-se assim sugerir que a plasticidade neuronal do cérebro e a sua variação interna lhe dão a capacidade de mudar de acordo com mudanças contingentes no ambiente.
 
Assim, se em períodos anteriores do desenvolvimento humano, caso do Homo Habilis, Homo Erectus e Homo Sapiens arcaico e tardio, as pressões intensas resultantes da concretização e acumulação de novas e diversificadas tecnologias inovadoras se aproveitaram desse potencial de neuromodulação tendo daí emergido expansões de órgãos cognitivos dedicados do cérebro para auto-reflexão, teoria da mente e memória autobiográfica e com eles os necessários substratos neurais para torná-los operacionais, é provável que, no futuro, com a inteligência arficial e outras novas tecnologias que externalizam e substituem muitas funções cognitivas humanas, outras capacidades latentes possam surgir para tomar o seu lugar. 
 
Muitas agências e empresas como DARPA, Neuralink e Facebook estão já na corrida para ver quem dominará o mercado de dispositivos telemétricos e telepáticos. Terrence Deacon, referindo-se à capacidade simbólica humana, defendeu que, “mal a comunicação simbólica se tornou minimamente elaborada nas sociedades hominídeas primitivas, as suas funções únicas de representação e flexibilidade ilimitada levaram ao seu uso para inúmeros propósitos com consequências reprodutivas igualmente poderosas". Alguns desses propósitos eram imprevisíveis no dealbar da comunicação simbólica e, como resultado, o meio sócio-político-cultural foi dominado, quando não mesmo esmagado, por ela. Se se pode dizer isso a propósito da linguagem, o que diremos da telemetria e da telepatia tecnológica assistida?
 
Usando uma lógica semelhante, espera-se conseguir sugerir como um ambiente saturado pela primeira vez com aparelhos telemétricos e telepáticos pode fazer a transição para um módulo cortical orgânico dedicado para telepatia, como resultado da confluência de forças evolucionárias darwinianas, baldwinianas e lamarkianas atuando em conjunto.
 
 
---
 
 
WARREN NEIDICH
Warren Neidich (Nova Iorque, 1958) é um artista pós-conceptual, escritor e teórico. É professor na Weißensee Kunsthochschule Berlin e diretor fundador do Saas Fee Summer Institute of Art. A sua prática artística desenvolve-se em redor da neuroestética, entendida como o estudo do impacto confluente do cérebro num determinado ambiente cultural e vice-versa.