11 OUT > 14 DEZ • exposição "Sombra Luminosa"

11.10.2018 18:30 — 14.12.2018 19:00
Campus Foz

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

11.10.2018 18:30 14.12.2018 19:00 11 OUT > 14 DEZ • exposição "Sombra Luminosa" Link: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/11-out-14-dez-exposicao-sombra-luminosa

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto | Campus Foz

Sombra Luminosa
Uma exposição de Mariana Caló e Francisco Queimadela

Curadoria de Nuno Faria

11 Out -14 Dez
terça a sexta | 14 - 19h
Sala de Exposições da Escola das Artes

 

Sombra Luminosa é um ensaio visual e sonoro concebido a partir das colecções, exposições, programas públicos e edições do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), que teve origem numa residência que Mariana Caló e Francisco Queimadela foram convidados a fazer pelo director artístico do Centro, Nuno Faria. Os autores guiam-nos, com graça e gravidade, através do labirinto da História, pela voz de José Gil, perscrutando, pela montagem, os misteriosos caminhos e inflexões da nave-museu em que se institui o Centro.

 

Após a cartografia das circunvoluções cerebrais em “A Trama e o Círculo”, Caló e Queimadela percorrem em “Sombra Luminosa” os caminhos do pensamento artístico. O filme começa por juntar um objecto à sua fotografia. Daí em diante perdemo-nos num labirinto de representações que opera o sentido da revelação (do obscuro). 

Uma re-significação mística do espaço museológico onde ímpares conexões se agregam pelo discurso de José Gil. A arte como império do devir.

Ricardo Vieira Lisboa, Catálogo IndieLisboa 2018

 

 

Mariana Caló / Francisco Queimadela

Mariana Caló (Viana do Castelo, 1984) e Francisco Queimadela (Coimbra, 1985) licenciaram-se em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, colaboram enquanto dupla desde 2010. A sua práctica é desenvolvida através de um uso priveligiado da imagem em movimento, intersectando ambientes instalativos e site-specific, mas também o desenho, a pintura, a fotografia e a escultura.

Paralelamente ao seu trabalho artístico desenvolveram também outras actividades colaborativas nomeadamente enquanto membros do colectivo PISO e no espaço cultural Altes Finanzamt (Berlim).

Recém vencedores da 1ª edição do Prémio Paulo Cunha e Silva, atribuído pela C.M Porto em 2018, destacam-se além da participação nesta exposição, as seguintes exposições: “Livro da Sede”, 2016, com curadoria de Ricardo Nicolau no âmbito dos Projectos Comtemporâneos da Fundação de Serralves. -“Inquéritos (à fotografia e ao território) - Paisagem e Povoamento”, curado por Nuno Faria - CIAJG, Guimarães (Outubro, 2015) -“A Composição do Ar”, curado por Nuno Faria - CIAJG, Guimarães (Março e Junho, 2014)”,Drifts and Dervations” - O’Artoteca, Milão (Junho, 2013), “Chart for the Coming Times” - Villa Romana, Florença (Maio, 2013), ”Chart for the Coming Times” - Rowing Projects, Londres (Junho, 2012), “Gradations of Time over a Plane” - Gasworks, Londres, UK (Abril, 2012), “Gradations of Time over a Plane”II - General Public, Berlim (Julho, 2011). 

 

https://marianacalo-franciscoqueimadela.com

 

_ _ _ 

Parceria: CIAJG / A Oficina, CIPRL
http://www.ciajg.pt
http://www.aoficina.pt