Horizon 47, projeto vencedor da 10.ª edição do Prémio Nacional Indústrias Criativas, teve mentoria da Escola das Artes.

 

 
No passado dia 17 de Julho foram apresentados no CLAB - Laboratório Criativo Super Bock os vencedores da 10.ª edição do Prémio Nacional Indústrias Criativas. Esta competição é a única no país que consagrada em exclusivo as indústrias criativas, tendo decorrido novamente na Casa de Serralves. Constitui também uma oportunidade para o acesso a formação, ao reforço da rede de contactos e à captação de financiamento nacional e internacional.
 
O projecto vencedor, Horizon 47, que concorria na categoria Arquitetura e Artes Visuais, conquistou o primeiro prémio e vai representar Portugal na competição internacional Creative Business Cup, a realizar-se em novembro em Copenhaga. À capital da Dinamarca chega um cadeirão inovador que incorpora, de forma invisível, um sistema de som para que o utilizador possa usufruir de uma experiência completamente diferenciadora e otimizada à sua medida. Oferece também ao ambiente que o rodeia uma peça de mobiliário inovadora e tecnológica.
 
Este projecto contou com o apoio na elaboração do Business Case e na identificação de instrumentos de apoio financeiro e infraestrutural para os projetos finalistas do prof. Vítor Verdelho, docente do Mestrado de Indústrias Criativas da Escola das Artes- UCP.
 
 
+ info sobre o projeto vencedor: Horizon 47
+ info sobre Mestrado de Indústrias Criativas da Escola das Artes: AQUI